Animação Primal recebe três troféus do júri do Emmy 2020

Além da premiação do curta brasileiro “A Linha”, o Emmy 2020 destacou nesta terça (1/9) a série animada “Primal” com três troféus na votação do júri da Academia de Televisão dos EUA.

As categorias do júri incluíram coreografia, programação interativa, realizações individuais em animação e motion design, que não são escolhidas por voto aberto, mas por um painel de profissionais especializados em cada segmento.

Os profissionais premiados deste ano incluem a coreógrafa Mandy Moore, pela coreografia da série “Zoey’s Extraordinary Playlist”, atingindo o terceiro Emmy de sua carreira, o animador Genndy Tartakovsky, que ganhou seu quarto Emmy por sua nova série, “Primal”, e o programa “HITRECORD”, de Joseph Gordon-Levitt, que recebeu seu segundo Emmy, reconhecido por sua notável inovação em programação interativa.

Todos os demais venceram seus primeiros Emmys, que serão entregues em 17 de setembro, durante a quarta noite do Creative Arts Emmy Awards deste ano – com transmissão ao vivo pelo site oficial do evento (Emmys.com).

Confira abaixo a lista completa dos vencedores do troféu do júri do Emmy deste ano.

Coreografia Notável para Programação Roteirizada
“Zoey’s Extraordinary Playlist” (NBC) – Mandy Moore, Coreógrafa

Inovação Notável em Programação Interativa
“Create Together”: HITRECORD – Sam Wasserman e Joseph Gordon-Levitt, Produtores
“A Linha” – Ricardo Laganaro, Diretor, Ricardo Justus e Edouard de Montmort, Produtores.

Realização Individual Notável em Animação
“Archer” – Jill Dykxhoorn, Artista Principal de Background
“Cosmos: Possible Worlds” – Dan MacKenzie, Animador de Personagens
“Primal” – Genndy Tartakovsky, Artista de Storyboard
“Primal” – Scott Wills, Diretor de Arte
“Primal” – Stephen DeStefano, Designer de Personagens

Design de Movimento Notável
“Inside Bill’s Brain: Decoding Bill Gates” – Leanne Dare, Diretor de Criação, Eben McCue, Sebastian Hoppe-Fuentes e David Navas, Animadores