Divulgação/Box Productions

Sesc Digital disponibiliza mostra gratuita do cinema suíço atual

A plataforma Sesc Digital começa a disponibilizar na noite desta quinta (27/8) uma mostra gratuita de filmes suíços, que se estenderá até o dia 6 de setembro.

Batizada de Panorama Digital de Cinema Suíço, a programação inclui 14 longas, alguns deles premiados e imperdíveis.

Entre os destaques, estão a cinebiografia “Bruno Manzer – A Voz da Floresta”, sobre o ativista ambiental do título, que rendeu a Sven Schelker o troféu de Melhor Ator na premiação da Academia de Cinema Suíço, e “No Meio do Horizonte”, de Joanne Giger, grande vencedor da Academia Suíça, com o equivalente ao Oscar do país nas categorias de Melhor Filme e Roteiro. O drama rural, passado nos anos 1970, acompanha a dissolução de uma família sob o olhar de um adolescente.

Também merecem atenção o documentário “Madame” (2019), que reflete sobre identidade de gênero a partir de retratos da família do diretor de Stéphane Riethauser, e a ficção “Praça Needle Baby” (2020), de Pierre Monnard, sobre a relação entre uma menina de 11 anos e sua mãe, dependente química.

Além dos longas, há dois programas dedicados à curtas, um deles para o público adulto e outro para crianças. Cada seleção traz cinco obras diferentes.

O detalhe é que não é tão fácil assistir aos filmes. Longas e curtas ficarão disponíveis apenas em dias específicos na plataforma Sesc Digital. E o filme de abertura, “Praça Needle Baby”, apesar de só ter exibição marcada para esta quinta, entrou no ar apenas às 20h no site oficial.

De todo modo, a página do evento é http://www.sescsp.org.br/panoramasuico e no gráfico abaixo é possível encontrar a programação com as datas em que os títulos estarão disponíveis.