Divulgação/Paramount

Leonardo DiCaprio fecha contrato com a Apple TV+

O astro Leonardo DiCaprio (“Era uma Vez em… Hollywood”) fechou contrato com a Apple para desenvolver filmes e séries com exclusividade para sua plataforma de streaming, Apple TV+.

A produtora do ator, Appian Way, já vinha desenvolvendo dois projetos para a empresa de tecnologia, o filme “Killers of the Flower Moon” e a série “Shining Girls”.

Só o filme, que tem direção de Martin Scorsese e vai juntar DiCaprio e Robert De Niro, recebeu um orçamento de US$ 200 milhões da Apple para sua realização.

Sob o contrato recém-firmado, a produtora de DiCaprio deixará de apresentar seus projetos no mercado, oferecendo-os diretamente para a Apple.

A negociação aconteceu após a Appian Way completar um contrato de três anos com a Paramount Pictures – que ainda dá direito à exibição de “Killers of the Flower Moon” nos cinemas. Antes disso, a empresa estava alojada na Warner Bros.

O novo contrato tem uma diferença em relação aos anteriores. Pela primeira vez, abrange produções de séries.

A Appian Way começou a desenvolver séries apenas recentemente, entre elas as minisséries “Grant”, para o History Channel, e “The Right Stuff”, para a National Geographic/Disney+.

Sua primeira série na Apple TV+, “Shining Girls”, é um thriller estrelado por Elisabeth Moss (vencedora do Emmy por “The Handmaid’s Tale”).

A produtora também é conhecida por seus documentários ecológicos, e um deles, “Virunga”, vai virar drama de ficção na Netflix.

O acordo com a empresa de DiCaprio aumenta a lista seleta de parceiro produção da Apple, que incluem a Scott Free (produtora de Ridley Scott), Green Door Pictures (de Idris Elba), o estúdio A24, Imagine Documentaries, Sesame Workshop (da “Vila Sésamo”) e Peanuts Worldwide (dos desenhos de Charlie Brown).