Divulgação/Universal

Guillermo del Toro fecha contrato para criar séries e filmes na Netflix

O cineasta Guillermo del Toro, vencedor do Oscar por “A Forma da Água” (2017), assinou um contrato de exclusividade de vários anos com a Netflix, para desenvolver novos projetos para a plataforma de streaming.

Os detalhes do negócio não foram revelados, mas ele é encarado como garantia de uma buscada liberdade criativa para o diretor. Do ponto de vista da Netflix, a contratação também representa a capacidade de apresentar obras de um autor considerado criador de universos e capaz de gerar sucessos em vários gêneros, faixas etárias e formatos, da animação ao terror.

O acordo, que envolve filmes e séries, fará com que del Toro se envolva com os projetos não apenas no nível de produção, mas também como roteirista e diretor.

Ele já tem vários projetos na Netflix, principalmente no espaço de animação. O cineasta criou a trilogia “Contos de Arcadia”, que teve sua terceira saga lançada no início de agosto, e também é o criador da vindoura série de terror “Guillermo del Toro Presents 10 After Midnight”.

Além disso, desenvolve uma animação gótica inspirada em “Pinóquio”, que, junto do anúncio do contrato, apresentou seus dubladores (mais sobre isso neste link).

Após “A Forma da Água” vencer o Oscar, a Fox Searchlight, que produziu o longa, chegou a oferecer a Del Toro a possibilidade de ser curador de um selo de filmes fantásticos no estúdio. Mas, desde então, a Disney comprou a Fox, mudou o nome do estúdio para Searchlight e nunca mais se falou desse negócio na imprensa.

Del Toro é sabidamente desgostoso de sua relação com os estúdios de seus primeiros filmes, lamentando, entre outras coisas, não ter podido fazer “Hellboy 3” nem filmar “Nas Montanhas da Loucura”, de H.P. Lovecraft, numa produção que seria estrelada por Tom Cruise.