Divulgação/Universal

Filmagens de Jurassic World 3 continuarão sem atores após pico de casos de covid-19

A produção de “Jurassic World: Dominion” vai tomar medidas extras de segurança para gravar cenas na ilha de Malta, no Mar Mediterrâneo, nas próximas semanas. O local experimenta um novo pico de covid-19 e ordenou o fechamento de bares e casas noturnas no último fim de semana, além de estabelecer obrigatoriedade do uso e máscaras em locais públicos, após registrar 135 novas infecções de coronavírus entre sábado e domingo (17/8).

Por precaução, a presença da produção no país será bem menor do que o inicialmente esperado. Este número inclui, segundo apurou o site Deadline, quatro membros da equipe de “Jurassic World” que já estavam no local e se encontram em isolamento no momento.

Além disso, os astros Chris Pratt e Bryce Dallas Howard, que inicialmente iriam com a equipe de produção para Malta, não viajarão mais à ilha. Os produtores devem apelar para o uso de computação gráfica para inseri-los nas cenas filmadas no local.

“Estamos trabalhando com uma abundância de cuidado, como fizemos desde o começo da produção. Por isso, a equipe de primeira unidade não vai mais até Malta, para manter a nossa presença na ilha no seu mínimo. Gostaríamos de agradecer ao governo de Malta por seu apoio, e estamos felizes por poder filmar em seu lindo país”, disse um porta-voz da Universal, sobre a decisão.

Além do casal da trilogia “Jurassic World”, o filme também vai destacar os protagonistas da trilogia “Jurassic Park”, Sam Neill, Jeff Goldbum e Laura Dern, num encontro entre as duas sagas.

Com direção de Colin Trevorrow, responsável pelo primeiro “Jurassic World”, a estreia de “Dominion” está prevista para junho de 2021.