Divulgação/Netflix

The Witcher vai ganhar série derivada

A Netflix anunciou a produção de uma nova série derivada de “The Witcher”. Vai se chamar “The Witcher: Blood Origin” e se passar antes dos eventos da atração principal.

Ambientada 1200 anos antes da história de Geralt de Rivia, “Blood Origin” contará a origem do primeiro Bruxo e os eventos que levaram à crucial “conjunção das esferas”, quando o mundo de monstros, homens e elfos fundiu-se para se converter em um só.

A produção live-action (com atores) será uma minissérie de seis episódios, com gravações no Reino Unido.

A trama será desenvolvida por um dos roteiristas de “The Witcher”, Declan de Barra, e contará com supervisão de Andrzej Sapkowski, o autor dos livros sobre “The Witcher”, que inspiraram a série.

“Como fã de fantasia ao longo da vida, estou muito animado para contar a história de ‘The Witcher: Blood Origin’. Uma pergunta está em minha mente desde que li os livros ‘The Witcher’: como era o mundo élfico antes da chegada cataclísmica dos humanos? Eu sempre fui fascinado pela ascensão e queda das civilizações, como a ciência, a descoberta e a cultura florescem logo antes dessa queda”, disse Declan de Barra.

Além desta série, a Netflix já tinha anunciado a produção de uma animação passada no mesmo universo: “The Witcher: Nightmare of the Wolf”, que será outro prólogo, centrado na história de Vesemir, mentor de Geralt de Rivia.

Nenhuma dessas atrações tem previsão de lançamento.

Enquanto isso, a 2ª temporada de “The Witcher” continua em produção. A expectativa é que as gravações durem até fevereiro de 2021.