The Last Kingdom é renovada para a 5ª temporada



A Netflix anunciou a renovação de “The Last Kingdom” para sua 5ª temporada.

A notícia foi acompanhado por um vídeo em que Alexander Dreymon, intérprete do protagonista Uhtred, compartilha a notícia com os demais integrantes do elenco, inclusive com Eliza Butterworth, cuja personagem, a rainha Aelswith, pode ter morrido no final da temporada passada. Veja abaixo.

Além do vídeo com o elenco, o produtor executivo Nigel Marchant se manifestou por meio de comunicado. “Estamos muito orgulhosos de ‘The Last Kingdom’, que continua a divertir o público em todo o mundo. Tivemos uma resposta tremenda à última temporada, então estamos emocionados por trazê-la de volta para a 5ª temporada na Netflix”, afirmou.

Os próximos capítulos marcarão o terceiro ano de produção da série pela Netflix, que assumiu “The Last Kingdom” após ela quase ser cancelada, com a desistência da BBC ao final da 2ª temporada. Responsável por sua distribuição internacional, a plataforma resolveu bancar sozinha a produção para continuar a contar a história, adaptada dos livros das “Crônicas Saxônicas” (The Saxon Stories), do autor inglês Bernard Cornwell.

Produzida pela Carnival Films, a produtora de “Downton Abbey”, a série acompanha as aventuras do guerreiro do Uhtred de Bebbanburg (Alexander Dreymon), um nobre saxão que foi criado como viking, na Inglaterra medieval.

Seguindo o padrão das temporadas anteriores, que adaptaram dois livros por vez, a 5ª temporada vai adaptar os volumes nove e dez da saga: “Guerreiros da Tempestade” (publicado em 2015) e “O Portador do Fogo” (2016). Neles, Uthred é encarregada de treinar o filho primogênito do rei Edward, Aethelstan, como guerreiro, mas sua ambição terá um objetivo ainda maior. Mas, para isso, ele terá que enfrentar seu maior inimigo e sofrer sua maior perda.



Não há previsão para a estreia dos novos capítulos.

Ver essa foto no Instagram

#TheLastKingdom #Season5

Uma publicação compartilhada por Alexander Dreymon (@alexander.dreymon) em


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings