Tenet: Robert Pattinson diz que não entendeu trama do filme durante a produção

O novo filme de Christopher Nolan, “Tenet”, não é misterioso apenas para o público. Depois de John David Washington (“Infiltrado na Klan”), Robert Pattinson (“Bom Comportamento”) também afirmou que não tinha ideia do que estava acontecendo durante as filmagens.

Em entrevista à revista Esquire, Pattinson se limitou a dizer que “Tenet” é um filme complicado. “É um filme incrivelmente complicado, como todos os filmes de Chris [Nolan]. Quero dizer, você precisa assisti-los quando eles terminarem completamente e após serem editados três ou quatro vezes para entender qual é o verdadeiro significado”, disse ele.

“Quando você os faz, quero dizer, houve meses em que eu realmente, honestamente, não tinha ideia se estava entendendo vagamente o que estava acontecendo. E sim, eu definitivamente disse isso a John David. No último dia, fiz uma pergunta a ele sobre o que estava acontecendo em uma cena, e foi uma opinião tão errada sobre o personagem, que ele perguntou: ‘Você pensou nisso o tempo todo?’”, acrescentou.

Pattinson admitiu que, embora estivesse confuso sobre as cenas, ele sentia que John David Washington estava ciente do que estava acontecendo. “Existia uma ligação no final, meio que em cima do fato de que talvez nenhum de nós soubesse exatamente o que estava acontecendo. Mas eu achei que John David realmente sabia. Ele tinha que saber o que estava acontecendo”, completou.

Anteriormente, John David Washington, que vive o protagonista, confessou que a trama seria tão confusa que o elenco teve dificuldades para entendê-la. Falando com o jornalista Geoff Keighley durante evento de lançamento do trailer no game Fortnite, Washington disse: “Todos os dias eu tinha perguntas. Mas o diretor foi muito gentil e as respondia com calma e paciência”.

Apesar de um trailer já ter sido divulgado, o mistério é perpetuado até pela sinopse divulgada, que é bastante vaga. “Armado com apenas uma palavra – Tenet – e lutando pela sobrevivência do mundo, o protagonista (John David Washington) precisa partir em uma missão dentro do mundo da espionagem internacional, que irá revelar algo além do tempo. Não é viagem no tempo. É inversão.”

O texto nem sequer nomeia o personagem principal, mas remete à situações vistas no trailer, como balas que disparam na direção contrária dos tiros e carros que capotam de trás pra frente, numa espécie de “efeito rewind”, que questiona a linearidade do tempo e lembra que o diretor responsável é o mesmo de “A Origem” (2010) e “Interestelar” (2014).

Além de John David Washington e Robert Pattinson, o elenco de “Tenet” inclui Elizabeth Debicki (“As Viúvas”), Clémence Poésy (“The Tunnel”), Martin Donovan (“Big Little Lies”), Aaron Taylor-Johnson (“Vingadores: Era de Ultron”) e Dimple Kapadia (“Confinados”), atriz veterana de Bollywood em seu primeiro grande papel em Hollywood, e dois velhos conhecidos dos filmes de Nolan, Michael Caine (trilogia “Batman”) e Kenneth Branagh (“Dunkirk”).

Rodado em sete países com câmeras IMAX e filme analógico de 70mm, “Tenet” deveria estrear em 23 de julho no Brasil, uma semana após o lançamento nos Estados Unidos. Mas como a pandemia de coronavírus mantém os cinemas fechados, o trailer mais recente já trocou a data definitiva por em “breve”, ao mesmo tempo que ressalta que a estreia será “somente nos cinemas”. Ou seja, o estúdio vai esperar o quanto for necessário para a exibição em tela grande.