Tenet: Ator assume que nem elenco entendeu direito a história misteriosa do novo filme de Christopher Nolan

O enredo de “Tenet”, próximo filme de Christopher Nolan (“A Origem”, “Dunkirk”), seria tão confuso que até o elenco teve dificuldades para entendê-lo. Foi o que admitiu, candidamente, o ator John David Washington (“Infiltrado na Klan”), que interpreta o protagonista da produção.

Falando com o jornalista Geoff Keighley durante evento de lançamento do trailer no game Fortnite, Washington disse: “Todos os dias eu tinha perguntas. Mas o diretor foi muito gentil e as respondia com calma e paciência”.

“Era importante que os atores pudessem acompanhar a história corretamente”, riu Washington, “para que pudéssemos interpretá-la da melhor maneira que pudéssemos, e ele foi muito paciente conosco. Digo isso muito educadamente.”

“Realmente, é interessante, porque há apenas algumas migalhas de informações disponíveis sobre o filme que eu estou surpreso [que Nolan] estivesse disposto a revelar”, continuou ele. “E eu amo que ele tenha feito isso.”

De fato, a sinopse divulgada é bastante vaga: “Armado com apenas uma palavra – Tenet – e lutando pela sobrevivência do mundo, o protagonista (John David Washington) precisa partir em uma missão dentro do mundo da espionagem internacional, que irá revelar algo além do tempo. Não é viagem no tempo. É inversão.”

O texto nem sequer nomeia o personagem principal, mas remete à situações vistas no trailer, como balas que disparam na direção contrária dos tiros e carros que capotam de trás pra frente, numa espécie de “efeito rewind”, que questiona a linearidade do tempo e lembra que o diretor responsável é o mesmo de “A Origem” (2010) e “Interestelar” (2014).

Vale observar que a palavra-título foi extraída do quadrado Sator – uma estrutura com forma de quadrado mágico composta por cinco palavras latinas: Sator, Arepo, Tenet, Opera e Rotas, que, consideradas em conjunto (da esquerda para a direita ou de cima para baixo), resultam num palíndromo. As cinco palavras repetem-se se forem lidas da esquerda para a direita, da direita para a esquerda, de cima para baixo ou de baixo para cima. No centro do quadrado, a palavra Tenet forma uma cruz. Este quadrado, com as cinco palavras, já foi encontrado em escavações arqueológicas da Roma antiga, incluindo as ruínas de Pompéia, e também em construções medievais ligadas à Igreja católica.

Além de John David Washington, o elenco do filme de Nolan inclui Robert Pattinson (“Bom Comportamento”), Elizabeth Debicki (“As Viúvas”), Clémence Poésy (“The Tunnel”), Martin Donovan (“Big Little Lies”), Aaron Taylor-Johnson (“Vingadores: Era de Ultron”) e Dimple Kapadia (“Confinados”), atriz veterana de Bollywood em seu primeiro grande papel em Hollywood, e dois velhos conhecidos dos filmes de Nolan, Michael Caine (trilogia “Batman”) e Kenneth Branagh (“Dunkirk”).

Rodado em sete países com câmeras IMAX e filme analógico de 70mm, “Tenet” deveria estrear em 23 de julho no Brasil, uma semana após o lançamento nos Estados Unidos. Mas como a pandemia de coronavírus mantém os cinemas fechados, o trailer mais recente já trocou a data definitiva por em “breve”, ao mesmo tempo que ressalta que a estreia será “somente nos cinemas”. Ou seja, o estúdio vai esperar o quanto for necessário para a exibição em tela grande.