Johnny Depp vira vilão no trailer do novo filme de Ciro Guerra

O estúdio Samuel Goldwyn Films divulgou o pôster e o trailer de “Waiting for the Barbarians”, primeiro filme falado em inglês do premiado cineasta colombiano Ciro Guerra (“O Abraço da Serpente”, “Pássaros de Verão”), que nesta quinta (25/6) foi acusado de assédio sexual numa reportagem do “periódico feminista latino” Volcánicas.

A prévia transforma um dilema pessoal numa batalha de proporções épicas, levando para as telas o romance anticolonialista do escritor J.M. Coetzee, vencedor do prêmio Nobel.

Na trama adaptada pelo próprio Coetzee, Mark Rylance (“Ponte dos Espiões”) interpreta o magistrado responsável por manter a ordem num vilarejo asiático isolado, nos limites desérticos do grande império (não nomeado, mas obviamente britânico). Afável e bem quisto, ele espera uma aposentadoria fácil, mas a chegada de um coronel (interpretado por Johnny Depp), cuja tarefa é relatar as atividades dos “bárbaros” e a situação de segurança na fronteira, vira sua vida do avesso, a ponto dos interrogatórios cruéis do coronel o levarem a questionar sua lealdade ao império.

O elenco imponente da produção também inclui os atores Robert Pattinson (“Bom Comportamento”), Gana Bayarsaikhan (“Intelligence”) e Greta Scacchi (“The Terror”).

Mas apesar dos elogios estampados no trailer, o filme não agradou muito quando teve sua première no Festival de Veneza no ano passado, atingindo apenas 50% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Originalmente previsto para os cinemas, o longa será lançado nas plataformas digitais para locação digital (VOD) em 7 de agosto nos EUA. Ainda não há informações sobre a data de sua disponibilidade no Brasil.