Star Wars: Série de Obi-Wan Kenobi define novo roteirista


A série de Obi-Wan Kenobi, que será estrelada por Ewan McGregor na plataforma Disney+, definiu um novo showrunner. O roteirista Joby Harold, que assinou a bomba “Rei Arthur: A Lenda da Espada” (2017), foi contratado para escrever e produzir a atração.

O projeto vinha gerando muitos rumores, desde que a insatisfação com os roteiros escritos por Hossein Amini (“Drive”, “Branca de Neve e o Caçador”) vieram à tona. A produção chegou a ser interrompida em janeiro, enquanto a Lucasfilm, produtora responsável pelas gravações, buscava alternativas no mercado.

Além de seus créditos como roteirista, Joby Harold é um produtor prolífico, que ajudou a realizar filmes como “No Limite do Amanhã” (2014), “Robin Hood: A Origem” (2018) e “John Wick 3: Parabellum” (2019).

A direção do primeiro episódio está a cargo de Deborah Chow, elogiada pelos fãs da saga por seu trabalho em “The Mandalorian”.



Obi-Wan Kenobi é uma figura central no mito de “Star Wars”. Ele foi introduzido no filme original de 1977 como um eremita do deserto, cansado da guerra, que logo se mostra um sábio, poderoso guerreiro e um mestre Jedi para o jovem Luke Skywalker, até ser morto por Darth Vader, seu ex-aluno. Alec Guinness interpretou o personagem no longa clássico, ganhando uma indicação ao Oscar.

O personagem voltou ao universo “Star Wars” com papel ainda mais central nos prólogos dirigidos por George Lucas, que contaram a origem de Darth Vader e como ele traiu Kenobi e os Jedis. McGregor viveu o “jovem” Kenobi nos três filmes lançados entre 1999 e 2005.

A trama da série deve ser focada nos anos de Obi-Wan Kenobi em Tatooine, entre “A Vingança dos Sith” e “Uma Nova Esperança”, onde o mestre fica “de olho” no jovem Luke Skywalker por anos antes de treiná-lo para se tornar um Jedi. Assim, pode incluir até a volta de Darth Vader e uma versão criança de Luke Skywalker.

A atração ganhou prioridade após o sucesso de “The Mandalorian”, que levou o então CEO da Disney, Bob Iger, a dizer que o “o futuro de ‘Star Wars’ é na TV”. Além desta produção, ainda há outro projeto desse universo em desenvolvimento na Disney+: um derivado de “Rogue One” focado em Cassian Andor (Diego Luna).



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings