Regina Duarte vira alvo de protestos diante de mortes de artistas e falta de apoio ao setor cultural

Um grupo de atores, diretores e produtores iniciou uma campanha virtual criticando a omissão de Regina Duarte durante a pandemia do coronavírus. Em vários vídeos publicados nas redes sociais, muitos pergunta “Cadê você, Regina?”.

A crítica mais contundente partiu de Marcos Caruso, que lamentou que a Secretaria Especial de Cultura, comandada por Regina Duarte, não esteja se manifestando sobre as mortes de importantes artistas brasileiros que aconteceram esta semana, como o cantor Moraes Moreira e os escritores Rubem Fonseca e Luiz Alfredo Garcia-Roza.

“Há poucos dias, em quatro dias perdemos três dos maiores expoentes da nossa cultura. E, por conta do isolamento social, filas não se aglomeraram diante do [Teatro] Municipal pra se despedir do Moraes Moreira. A Academia Brasileira”, afirmou ele.

“Então eu acho que uma nota de pesar, em nome do Brasil aos seus filhos eméritos, poderia ter sido dada. Seria o mínimo. Cultura também é cultivar bons hábitos”, disse Caruso, que não citou Regina, mas foi claro nas críticas.

“Muitas palavras poderiam traduzir o meu sentimento, mas eu prefiro dizer que, no mínimo, eu estou triste. É o mínimo sentimento diante do que eu esperaria que no mínimo fosse feito pela Cultura do meu país.”

O vídeo tem sido compartilhado na internet por críticos do governo Jair Bolsonaro, incluindo atores como José de Abreu e Lúcio Mauro Filho.

Este questionamento se junta a outros, sobre o que Regina está fazendo em relação aos artistas que perderam suas fontes de arrecadações e o que impede a liberação de verbas do setor, como o Fundo Nacional de Cultura e o Fundo Setorial do Audiovisual – este está travado desde a posse de Bolsonaro.

Para os artistas, a Secretária de Cultura do governo de Jair Bolsonaro não tem tomado nenhuma providência para ajudar a classe artística, uma vez que produções audiovisuais estão suspensas e teatros fechados.

O movimento querendo saber onde está Regina inclui nomes como Marcelo Várzea, Lavínia Pannunzio, Iara Jamra, Paula Cohen, Rubens Caribé, Renata Carvalho, Adriano Tunes e Fernando Eiras.

Veja abaixo alguns vídeos do protesto virtual.

Ver essa foto no Instagram

Cultura também é cultivar bons hábitos.

Uma publicação compartilhada por Marcos Caruso (@marcos_caruso) em

Ver essa foto no Instagram

Cadê Regina?

Uma publicação compartilhada por Marcelo Varzea (@marcelovarzea) em