Patrulha do Destino estreia nesta quinta na TV paga brasileira

A série “Patrulha do Destino” (Doom Patrol), produzida para a plataforma americana DC Universe, chega ao Brasil nesta quinta (19/3), às 21h, pelo canal pago Cinemax, encontrado em Cobertura de TV por assinatura.

Elogiadíssima, a atração superou as expectativas da crítica americana, atingindo 95% de aprovação no site Rotten Tomatoes. Trata-se da mais bem-avaliada dentre todas as adaptações atuais de quadrinhos na televisão.

Segunda produção live-action da plataforma de streaming DC Universe, “Doom Patrol” dá vida aos personagens mais estranhos da editora DC, criados em 1963 com aparências bizarras. Todos tiveram origens traumáticas, que os deixaram mutilados ou tão diferentes que causam medo e repulsa, em vez das reações positivas mais associadas aos super-heróis.

Na TV, os personagens foram introduzidos num episódio de “Titãs”, série disponibilizada no Brasil pela Netflix, mas seu elenco mudou bastante desde a primeira aparição – embora isso não fique claro, já que a maioria aparece sob disfarces.

Apenas April Bowlby (a Stacy de “Drop Dead Diva”) foi mantida como Mulher-Elástica, enquanto o Homem-Robô e o Homem-Negativo, encarnados por figurantes em suas estreias, estão sendo dublados e interpretados em cenas de flashbacks por Brendan Fraser (da trilogia “A Múmia” e “Viagem ao Centro da Terra”) e Matt Bomer (de “White Collar” e “American Horror Story”), respectivamente.

Uma mudança, porém, é indisfarçável. Interpretado por Bruno Bichir (série “Narcos”) em “Titãs”, o Chefe é vivido por Timothy Dalton (ex-007 e protagonista de “Penny Dreadful”) na série própria.

Além disso, a Patrulha ganhou duas adições, com Diane Guerrero (a Martiza de “Orange Is the New Black”) no papel de Crazy Jane e Joivan Wade (Rigsy na série “Doctor Who”) como o herói Ciborgue. Sem esquecer que Alan Tudyk (“Powerless”) interpreta o vilão surreal Sr. Ninguém.

Ao contrário de “Titãs”, que foi disponibilizada pela Netflix, a série foi produzida após a AT&T adquirir a Warner, e por isso não foi negociada para o serviço de streaming. Os planos para a 2ª temporada são um lançamento simultânea na DC Universe e na HBO Max, a plataforma da Warner, que a princípio tem previsão de inauguração em maio nos EUA.

Confira abaixo um trailer da atração.