Gina Torres vai estrelar piloto de série sobre as Noivas de Drácula

A atriz Gina Torres (“Suits”) entrou no piloto de “The Brides”, projeto de série de Roberto Aguirre-Sacasa, criador de “Riverdale” e “O Mundo Sombrio de Sabrina”, inspirado na saga de Drácula – especialmente em “As Noivas de Drácula”.

Torres interpretará Cleo Phillips, a líder das três noivas e que se comporta como uma rainha, porque era realmente uma rainha em sua vida anterior. Transformada por Drácula após a morte de seu marido, Cleo é agora um magnata imobiliário de Nova York que, segundo a sinopse, “é desafiada profissionalmente por um misterioso recém-chegado, quando seus laços com as irmãs começam a se desgastar perigosamente”.

Em desenvolvimento para a rede ABC, “The Brides” está sendo anunciada como uma “reinvenção contemporânea e sexy” da icônica história de Drácula com “fortes elementos de horror”.

O piloto foi encomendado em janeiro passado, mas o projeto na verdade é antigo. A premissa chegou a ser apresentada para a rede americana NBC em 2015, que na época não se interessou. Desde então, Roberto Aguirre-Sacasa se tornou um dos criadores mais bem-sucedidos da WBTV (Warner Bros. Television), com quem tem contrato para a criação de novas produções.

O projeto também tem produção de Greg Berlanti, parceiro de Aguirre-Sacasa em todas as suas séries – a mais recente, “Katy Keene”, estreou há apenas um mês na rede The CW.

As noivas do título da série foram criadas por Bram Stoker em seu clássico gótico “Drácula”. Eram originalmente três vampiras que viviam com Drácula em seu castelo na Transilvânia, onde usavam seu charme para seduzir e enfeitiçar os homens, antes de sugá-los, até serem exterminadas por Van Helsing. Além de aparecerem em inúmeros filmes sobre a origem de “Drácula”, elas também já tiveram um filme próprio em 1960, um clássico da Hammer lançado no Brasil como “As Noivas do Vampiro”.

Na época em que estava sendo cogitado pela NBC, a premissa alegava que as três noivas de Drácula não só sobreviveram ao ataque de Van Helsing como vivem na Nova York dos dias atuais. A trama iria acompanhar “o que elas fazem para manter a riqueza, o prestígio e o legado de sua família não-tradicional”.