Mister: Novo livro da escritora de Cinquenta Tons de Cinza vai virar filme

A Universal decidiu continuar sua parceria com a escritora E.L. James, autora de “Cinquenta Tons de Cinza”, após adaptar suas obras numa trilogia de filmes bem-sucedidos comercialmente.

O estúdio adquiriu os direitos do novo romance best-seller de James, “The Mister”. O acordo também prevê que James produza a adaptação, como fez nos filmes de “Cinquenta Tons”.

A história é um melodrama romântico de homem rico que se apaixona pela empregada. A diferença para as telenovelas fica por conta de um detalhe.

No livro, o rico aristocrata britânico se apaixona por sua empregada albanesa, sem saber que ela está fugindo de traficantes de escravas sexuais.

“The Mister” esteve na lista dos livros mais vendidos do New York Times por nove semanas e já se encontra comercializado para 33 territórios internacionais. No Brasil, foi batizado de “Mister” e lançado em junho passado pela Intrínseca.

Assim como aconteceu com as continuações de “Cinquenta Tons de Cinza”, o novo livro foi destruído pela crítica americana. “Muito pior que ’50 Tons'”, chegou a declarar a revista Entertainment Weekly.

“Já respondendo à principal pergunta: não há elementos de BDSM no livro (se você quiser saber, o casal nunca passa de nada mais pesado do que Maxim pegando Alexia por trás). Em vez disso, ‘The Mister’ é uma versão certinha de E L James para um romance. Não sobra nem espaço para os momentos engraçadinhos de Christian Grey da série ’50 Tons’. ‘The Mister’ é banal e entediante”, escreveu a crítica Dana Schwartz assina na revista.