Robert Pattinson diz que se fracassar como Batman vai fazer pornô artístico

O ator Robert Pattinson, que conheceu a pressão popular quando assumiu seu papel na saga Crepúsculo, deu uma resposta bem-humorada sobre como encararia o fracasso se sua versão de Batman fosse rejeitada pelos fãs.

“Pornô. Vou fazer cinema pornô. Mas aquela coisa meio artística, chique”, respondeu em tom de brincadeira durante uma entrevista recente ao jornal The Guardian.

A referência à versão artística da pornografia é uma referência às escolhas de sua carreira. Ele notou, por exemplo, que muitos de seus personagens se masturbam em cena. A constatação foi feita em outra entrevista, para a revista Variety.

“Nos últimos três ou quatro filmes, eu tive alguma cena de masturbação”, afirmou.

“Fiz isso em ‘High Life’. Eu fiz isso em ‘Damsel’. E em ‘The Devil All the Time’. Só percebi quando fiz isso pela quarta vez”, disse Pattinson.

Na verdade, foram cinco vezes. A primeira vez em que ele atuou dessa forma foi em “Poucas Cinzas: Salvador Dalí”, trabalho de 2009 onde decidiu não fingir. A última delas foi em “O Farol”, que estreia em 2 de janeiro no Brasil.

Sobre a expectativa de viver Batman no cinema, ele ainda acrescentou. “Não existe crítico maior do que eu. De qualquer forma, é bom estrelar um filme no qual existam expectativas antes mesmo de começarmos a filmar”, afirmou.

O elenco de “The Batman” também inclui Jeffrey Wright (“Westworld”) como Comissário Gordon, Zoe Kravitz (da série “Big Little Lies”) como Mulher-Gato, Paul Dano (“12 Anos de Escravidão”) como Charada, Colin Farrell (“Dumbo”) como Pinguim, Andy Serkis (“Pantera Negra”) como Alfred, John Turturro (“Transformers”) como o mafioso Carmine Falcone e Peter Sarsgaard (“Sete Homens e um Destino”) em papel não identificado (mas provavelmente como Harvey Dent/Duas Caras).

Com direção de Matt Reeves (“Planeta dos Macacos: A Guerra”), “The Batman” está atualmente em pré-produção e tem estreia marcada para junho de 2021.