Zack Snyder confirma que planejava matar Batman na continuação de Liga da Justiça

Enquanto muitos fãs lamentam a saída de Zack Snyder dos filmes do universo DC, fazendo até petição pelo chamado “Snyder Cut” de “Liga da Justiça”, alguns já começam a cair em si, lembrando do desastre que foi “Batman vs. Superman” comandado pelo diretor. Um novo comentário do cineasta a respeito de seus planos para Batman confirmou que ele pretendia tornar os filmes cada vez mais pesados e sombrios.

Respondendo a seus seguidores na rede social Vero, Snyder confirmou boatos de que pretendia matar o Batman vivido por Ben Affleck no confronto final com Darkseid na continuação de “Liga da Justiça”. Ou melhor, na segunda continuação – seriam três filmes. Segundo Snyder, o sacrifício do Homem Morcego aconteceria no “capítulo final” da saga.

Ao ser questionado sobre se a ideia original era sacrificar Batman para derrotar Darkeid, ele respondeu. “Nós sempre planejamos ver isso no capítulo final”.

Ele também afirmou que pretendia introduzir o Elektron (Atom) nos próximos filmes da “Liga da Justiça”.

Este planejamento foi por água abaixo com o fracasso do primeiro filme, que recebeu diversas cenas adicionais e uma nova edição comandada pelo diretor Joss Whedon (“Vingadores”), trazido pela Warner para deixar “Liga da Justiça” menos sombria.

Vale lembrar que Snyder já tinha “matado” Superman no final de “Batman vs. Superman”. A ideia de matar Batman seria, portanto, a repetição de uma ideia que não agradou e foi desfeita em “Liga da Justiça”.

blank