Parasita é eleito Melhor Filme de 2019 pela crítica de Los Angeles

O Círculo de Críticos de Los Angeles divulgou sua lista de melhores de 2019, que diferiu da lista da associação de Nova York ao eleger o suspense sul-coreano “Parasita” como Melhor Filme do ano. Não só isso. Bong Joon Ho também foi considerado o Melhor Diretor, batendo Martin Scorsese.

“Uma História de Casamento”, de Noah Baumbach, venceu como Melhor Roteiro e Antonio Banderas confirmou seu favoritismo como Melhor Ator por “Dor e Glória”. A surpresa ficou por conta da escolha da veterana Mary Kay Place como Melhor Atriz, já que seu desempenho vinha sendo menosprezado, assim como o filme que lhe rendeu o prêmio, “A Vida de Diane”, que passou batido em seu lançamento no Brasil, em maio passado.

Confira abaixo a lista completa dos premiados, que inclui mais prêmios para “Parasita” e “Dor e Glória”.

Melhor Filme
“Parasita” (2º lugar: “O Irlandês”)

Melhor Direção
Bong Joon Ho, “Parasita” (2º lugar: Martin Scorsese, “O Irlandês”)

Melhor Ator
Antonio Banderas, “Dor e Glória” (2º lugar: Adam Driver, “História de um Casamento”)

Melhor Atriz
Mary Kay Place, “Diane” (2º lugar: Lupita Nyong’o, “Nós”)

Melhor Ator Coadjuvante
Song Kang Ho, “Parasitas” (2º lugar: Joe Pesci, “O Irlandês”)

Melhor Atriz Coadjuvante
Jennifer Lopez, “As Golpistas” (2º lugar: Zhao Shuzhen, “The Farewell”)

Melhor Roteiro
Noah Baumbach, “História de um Casamento” (2º lugar: Bong Joon Ho e Han Jin Won, “Parasita”)

Melhor Filme de Animação
“Perdi Meu Corpo” (2º lugar: “Toy Story 4”)

Melhor Documentário
“Indústria Americana” (2º lugar: “Apollo 11”)

Melhor Fotografia
Claire Mathon, “Retrato de uma Jovem em Fogo” e “Atlantics” (2º lugar: Roger Deakins, “1917”)

Melhor Edição
Todd Douglas Miller, “Apollo 11” (2º lugar: Ronald Bronstein & Benny Safdie, “Uncut Gems”)

Melhor Trilha Sonora
Dan Levy, “Perdi Meu Corpo” (2º lugar: Thomas Newman, “1917”)

Melhor Direção Artística
Barbara Ling, “Era uma Vez…em Hollywood” (2º lugar: Ha Jun Lee, “Parasita”)

Prêmio de Cinema Experimental Douglas Edwards
“The Giverny Document”, Ja’Tovia Gary

Melhor Filme em Língua Estrangeira
“Dor e Glória” (2º lugar: “Retrato de uma Jovem em Chamas”)

Prémio Novas Gerações
Joe Talbot, Jimmie Fails e Jonathan Majors, “The Last Black Man in San Francisco”