Netflix cancela revival de Mystery Science Theater 3000 após duas temporadas

A Netflix decidiu cancelar a série “Mystery Science Theater 3000: The Return” após a 2ª temporada. A notícia foi dada no Twitter por um dos atores do elenco, Jonah Ray – num grande contraste com a fanfarra feita pela plataforma para anunciar a produção há dois anos.

Apesar da versão em streaming ter durado duas temporadas, o programa original virou cult ainda nos anos 1980. Conhecida pela abreviação “MST3K”, a série foi lançada em 1988 e se resumia à exibição comentada de antigos filmes ruins de ficção científica. A sessão trash era assistida por um astronauta e dois robôs, presos em um satélite no espaço, como parte de um experimento realizado por cientistas loucos. O homem e seus companheiros robôs comentavam e zombavam das produções que assistiam.

Esta versão durou até 1999, rendendo ao todo 198 episódios, e ao contrário dos filmes de ficção científica de péssima qualidade incluídos em sua produção, fez grande sucesso de público e crítica, chegando a ganhar um Peabody Award em 1993.

Mas o revival só se tornou possível depois que o criador da série, Joel Hodgson, lançou uma campanha de arrecadação no Kickstarter na esperança de alcançar US$ 2 milhões para produzir novos episódios e acabou atingindo US$ 5,7 milhões em contribuições, valor recorde no site de crowdfunding.

A Netflix inteirou o restante para produzir 14 novos episódios do programa. E o sucesso foi suficiente para a plataforma encomendar uma 2ª e, agora, última temporada.

A nova encarnação da série era apresentada por Jonah Ray (série “TripTank”), Felicia Day (série “Supernatural”) e Patton Oswalt (série “Agents of SHIELD”), mas também trazia participação dos integrantes originais (Bill Corbett, Kevin Murphy e Mary Jo Pehl), além de contar, nos bastidores, com roteiros de Elliott Kalan (programa “The Daily Show”), Dan Harmon (criador de “Community”) e do ator Joel McHale (também de “Community”).

Infelizmente, a série não foi disponibilizada pela Netflix no Brasil. O que mantém o ineditismo da atração no país. “MST3K” nunca foi exibida por aqui, mas ironicamente o longa-metragem feito para os cinemas em 1996, “Mystery Science Theater 3000: The Movie”, foi dublado e chegou às TVs brasileiras pela rede Globo, com o título de “O Filme Mais Idiota do Mundo”.