Joel Kinnaman diz que o novo Esquadrão Suicida é uma comédia

Joel Kinnaman é um dos poucos atores do primeiro “Esquadrão Suicida” que retornam para a sequência de James Gunn (“Guardiões da Galáxia”). E não teve problemas em comparar as duas adaptações dos personagens dos quadrinhos, dizendo claramente, durante participação do podcast “The Big Ticket” da Variety, o que diferencia o novo filme de seu antecessor, que teve direção de David Ayer. Segundo ele, a continuação é uma comédia.

“James Gunn é um cara incrível. Ele escreveu um roteiro fantástico. É tão engraçado… sinto que estou filmando minha primeira comédia. Há muitas pessoas realmente engraçadas lá. É como uma experiência de aprendizado. Estou com muitas pessoas engraçadas incríveis.”

Os detalhes da continuação do longa de 2016 ainda permanecem em segredo, mas as filmagens já começaram em Atlanta.

Além de Kinnaman, que retoma seu papel de Rick Flag, líder das missões da Força Tarefa X, também retornam do primeiro filme os atores Margot Robbie (Arlequina), Jai Courtney (Capitão Bumerangue) e Viola Davis (Amanda Waller).

O resto do elenco é repleto de novidades, incluindo a brasileira Alice Braga (“A Rainha do Sul”), Idris Elba (“Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw”), John Cena (“Bumblebee”), Peter Capaldi (o “Doctor Who”), David Dastmalchian (“Homem-Formiga”), Storm Reid (“Euphoria”), Nathan Fillian (“Castle”), Flula Borg (“A Escolha Perfeita 2”), Pete Davidson (“Saturday Night Live”), Michael Rooker (também de “Guardiões da Galáxia”), Mayling Ng (a Gamora do game “Marvel Strike Force”), Sean Gunn (irmão do diretor e Kraglin nos “Guardiões da Galáxia”), Joaquín Cosio (“007: Quantum of Solace”), Steve Agee (“Superstore”), Jennifer Holland (“Brightburn”), Tinashe Kajese (“Valor”), a portuguesa Daniela Melchior (“O Caderno Negro”), o argentino Juan Diego Botto (“Jogos Infantis”) e até o cineasta neo-zelandês Taika Waititi (diretor de “Thor: Ragnarok”).

Escrito e dirigido por James Gunn, “O Esquadrão Suicida” tem estreia marcada apenas para agosto de 2021.