Estreia de Superboy em Titãs ganha dois vídeos e fotos

A série “Titãs” vai entrar em nova fase nesta sexta (11/10) nos Estados Unidos com a introdução de mais um super-herói. Superboy vai fazer sua estreia oficial, após ser visto de relance nas cenas pós-créditos do final da temporada passada. Para incentivar a audiência, a plataforma americana DC Universe divulgou dez fotos e dois vídeos centrados no personagem. Confira abaixo.

Intitulado “Conner”, o capítulo marca a metade da 2ª temporada com a entrada do australiano Joshua Orpin na atração, juntando-se aos conterrâneos Teagan Croft (Ravena) e Brenton Thwaites (Robin), primeiros australianos do elenco.

A descrição oficial caracteriza Superboy como “um adolescente de aço revoltado, que procura por seu propósito e pela verdade sobre o seu passado”.

Conforme vislumbrado pela cena pós-créditos, a aparição do personagem vai acontecer após sua fuga do laboratório genético Cadmus, refletindo também a forma como sua origem foi apresentada na série animada “Justiça Jovem” (Young Justice). O detalhe é que, ao fugir, ele levou um companheiro de experiências, um cachorro, que é nada menos que Krypto, o Super-Cão.

Vale lembrar que o Superboy atual não tem nenhuma relação com o personagem clássico dos quadrinhos, o dono do Krypto original, que era a versão adolescente do Superman e até teve série própria nos anos 1980. Ele é um clone, desenvolvido a partir de células de Superman, e foi batizado de Kon-El e Connor Kent ao ser “integrado” na família de Superman e Supergirl.

A nova versão do herói foi introduzida após a suposta morte de Superman em 1993, com concepção do roteirista Karl Kesel e arte de Tom Grummett – o visual original, no entanto, já foi totalmente descartado. Seu rápido sucesso chamou atenção da família de Jerry Siegel, criador de Superman e do Superboy original, que processou a DC por direitos ao personagem. Isso levou a editora a tentar diferenciá-lo por meio de diversas reinvenções, culminando em sua morte no crossover “Crise Infinita”, quando a justiça americana deu razão aos Siegels. Mas bastou a editora e os herdeiros entraram em acordo para o personagem “melhorar” sua saúde e retornar da morte para as páginas da DC.

Em contraste com essa bagunça editorial, Superboy teve um desenvolvimento muito consistente na série animada “Justiça Jovem”. Como ela também é produzida para a DC Universe, deve dar o tom do personagem em “Titãs”.

No Brasil, “Titãs” é distribuída pela Netflix, que ainda não definiu a data de estreia da 2ª temporada.