Crise nas Infinitas Terras: Audrey Marie Anderson vira a Precursora em foto do crossover do Arrowverso


Os produtores do Arrowverso confirmaram mais uma novidade sobre a produção do crossover “Crise nas Infinitas Terras”, com a divulgação de uma foto especial da atriz Audrey Marie Anderson. A intérprete de Lyla Michaels, ex-chefe da agência Argus em “Arrow”, vai aparecer como a Precursora (Harbinger, no original) na adaptação da história clássica da DC Comics.

Isso é importante? Demais.

A personagem dos quadrinhos é bem diferente da Lyla que apareceu até agora em “Arrow”, o que deve mudar radicalmente no crossover.

Criada por Marv Wolfman e George Perez, os mentores do primeiro – e insuperável – reboot da história dos quadrinhos, a Precursora era originalmente uma jovem salva pelo Monitor, que ganha poderes especiais e a missão de recrutar um exército de heróis das mais diferentes Terras para enfrentar a vindoura Crise. Sua importância na trama é tão grande que sua aparição serve de ligação para todas as histórias da saga, que envolveu a totalidade das publicações da DC Comics em 1985. Com a morte do Monitor, ela é quem se torna responsável por criar um único e coeso universo, salvando os últimos remanescentes da batalha contra o Anti-Monitor numa nova versão da Terra. Mas para acomodar os sobreviventes de todos os outros universos dizimados, acaba reescrevendo a cronologia completa da DC.


Originalmente, Lyla sobrevive à Crise e vai morar com as amazonas na ilha de Themyscira, onde passa a registrar a história do universo, antes e depois da Crise. Mas com a aparição de uma nova Supergirl, Kara Danvers/Zor El, ela se recorda da morte da heroína original, Linda Lee Danvers, e se sacrifica para impedir que a heroína morresse pela segunda vez em nova ameaça apocalíptica.

Na adaptação, o Monitor e o Anti-Monitor serão interpretados por LaMonica Garrett, introduzido no crossover passado, “Elseworlds”. Além dele, outro personagem criado especialmente para a história original, o Pariah, será vivido por Tom Cavanaugh (Dr. Wells), que também já faz parte do Arrowverso.

Disparado o maior crossover já tentado na história da televisão, “Crise nas Infinitas Terras” será exibido entre dezembro e janeiro ao longo de cinco episódios individuais das séries “Arrow”, “The Flash”, “Supergirl”, “Legends of Tomorrow” e a estreante “Batwoman”. Além disso, embora sua série tenha ficado de fora desta lista, até o herói Raio Negro (Black Lightning) vai participar da produção.

Ainda não há previsão oficial para a estreia de “Crise nas Infinitas Terras” no Brasil, mas muito provavelmente deve acontecer em janeiro no canal pago Warner.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings