Crise nas Infinitas Terras: Jonah Hex, Nora Allen e Flash dos anos 1990 vão aparecer no crossover



O elenco de coadjuvantes do supercrossover “Crise nas Infinitas Terras” não pára de crescer. Fontes citadas por diferentes sites teriam vazado mais três participações: o cowboy Jonah Hex (Johnathon Schaech), que já apareceu em três episódios de “Legends of Tomorrow”, o Flash dos anos 1990 (John Wesley Shipp) e Nora West-Allen (Jessica Parker Kennedy), a filha de Barry Allen e Iris West do futuro, apagada da existência no final da 5ª temporada de “The Flash”.

“Crise nas Infinitas Terras” será o maior crossover já feito entre as séries da DC Comics exibidas pela rede The CW, e sua trama será contada em cinco capítulos, entre dezembro e janeiro, envolvendo as séries “Arrow”, “The Flash”, “Supergirl”, “Legends of Tomorrow” e a estreante “Batwoman”. Embora sua série tenha ficado de fora desta lista, até o herói Raio Negro (Black Lightning) vai participar da produção.

Considerada um marco dos quadrinhos, a história original de 1985 ficou famosa por matar super-heróis clássicos, como o Flash (a versão de Barry Allen) e a Supergirl (Linda Lee Danvers), o que foi um choque para os leitores da época. A série, porém, vai salvar os dois personagens, sacrificando no lugar deles o Arqueiro Verde. Não é spoiler porque isso já foi tratado de forma explícita no final da temporada passada de “Arrow”. Por conta disso, a série do Arqueiro Verde vai acabar logo após a exibição do crossover. Mas esta não deve ser a única baixa da trama.

O autor dos quadrinhos originais, Marv Wolfman, vai ajudar a escrever a adaptação, o que permitirá aproximar melhor a trama clássica de sua contraparte televisiva.



Assim como na publicação impressa, a expectativa é que a história apocalíptica elimine os problemas narrativos criados por situar Supergirl numa Terra paralela. O objetivo da DC ao lançar os quadrinhos em 1985 foi justamente simplificar a cronologia confusa de universos alternativos e Terras paralelas da DC, que saiu do controle após começar de forma criativa, com a introdução da Terra 2 em 1961, nos quadrinhos do Flash. Para isso, foi necessário destruir o Multiverso com uma catástrofe sem precedentes, que eliminou todas as Terras paralelas, reunindo os sobreviventes de outras dimensões no único mundo remanescente, a Terra 1 (também chamada de Terra Prime). O evento foi tão traumático que alterou as próprias linhas do tempo, apagando não só a existência, mas a própria lembrança das outras Terras eliminadas.

Com isso, o crossover deve causar grande impacto em todas as séries de super-heróis da rede CW.

Ainda não há previsão oficial para a estreia de “Crise nas Infinitas Terras” no Brasil, mas muito provavelmente deve acontecer em janeiro no canal pago Warner.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings