O Rei Leão vira maior bilheteria mundial do estúdio Walt Disney



A Disney comemorou mais um recorde mundial neste fim de semana. Ao atingir US$1,3 bilhão de faturamento mundial, “O Rei Leão” ultrapassou “A Bela e a Fera” (US$ 1,2B) como a maior bilheteria de todos os tempos do estúdio original de Walt Disney (isto é, de uma produção que não é da Marvel, Pixar ou Lucasfilm).

O total arrecadado pela animação computadorizada do diretor Jon Favreau é de US$ 1,335 bilhão globais.

O valor representa a 12ª maior bilheteria de todos os tempos.



Considerando apenas os lançamentos de 2019, “O Rei Leão” só fez menos sucesso que “Vingadores: Ultimato”, conquistando o 2º lugar no mercado norte-americano (US$ 473,1M), internacional (US$ 861,5M) e mundial.

O filme também é a segunda maior bilheteria do ano no Brasil, onde já foi visto por cerca de 15 milhões de espectadores e acumulou mais de R$ 220 milhões de arrecadação. Para completar, até o sábado (10/8), ainda permanecia em 1º lugar no ranking nacional.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings