Big Bang Theory, Julia Roberts e George Clooney são maiores esnobados do Emmy 2019

A era do excesso de TV deixou muita gente boa fora da lista do Emmy 2019. Astros oscarizados como Julia Roberts, protagonista de “Homecoming”, e George Clooney, ator, produtor e diretor de “Catch 22”, não foram lembrados pela Academia de Televisão para disputar prêmios entre os melhores da indústria deste ano.

Mas a ausência mais sentida entre os indicados não foi uma estrela, mas uma série. Em sua temporada final, “The Big Bang Theory” poderia concorrer pela última vez ao maior prêmio da TV americana, mas acabou barrada nas categorias principais de comédia.

“Barry”, “Fleabag”, “Russian Doll” (Boneca Russa), “The Marvelous Mrs. Maisel” (A Maravilhosa Sra. Maisel), “Schitt’s Creek”, “The Good Place” e “Veep” foram os sete indicados na categoria de Melhor Série de Comédia.

Antes da popularidade dos serviços de streaming, “The Big Bang Theory” chegou a entrar nessa lista em quatro oportunidades, entre 2011 e 2014.

Para piorar, nem o protagonista Jim Parsons, com seis indicações e quatro vitórias pelo papel de Sheldon Cooper, foi lembrado neste ano.

Muitos também sentiram a falta de “One Day at a Time” e sua “abuelita”, a também oscarizada Rita Moreno.

Além disso, chamou atenção que “Pose”, apesar de concorrer como Melhor Drama, não emplacou representantes de seu elenco show nas disputas de interpretação. Até hoje, a Academia só indicou uma atriz transexual a prêmios: Laverne Cox, que disputou três vezes a categoria de Melhor Atriz Convidada por “Orange Is the New Black”.