Zendaya aparece ruiva e evoca Mary Jane na première de Homem-Aranha: Longe de Casa



A atriz Zendaya apareceu com cabelos ruivos e alisados na première mundial de “Homem-Aranha: Longe de Casa”, que aconteceu na segunda (17/6) em Londres. O visual chamou atenção por não ter relação com seu papel no filme. Ou teria?

Para atiçar os fãs, a própria atriz postou algumas fotos de seu novo penteado no Twitter, acompanhadas por uma legenda curta: “Encare, tigrão” – ou “Face it, tiger”, no original. Os fãs mais antigos do Homem-Aranha – e que leram os quadrinhos em inglês – fizeram rapidamente a conexão.

“Tiger” era o apelido carinhoso de Mary Jane, também conhecida como MJ, para Peter Parker. Por sinal, “Face it, tiger” foi a primeira coisa que ela disse quando foi apresentada para o amigo da vizinhança em 1966.

E qual o papel de Zendaya nos novos filmes do herói? Michelle Jones, também conhecida como MJ.

Michelle Jones é uma criação dos roteiristas do filme, que não existe nos quadrinhos, e parece ter sido uma forma esperta de evitar reclamações dos fãs sobre uma mudança racial de Mary Jane.

Entretanto, fora o crush em Peter Parker, as duas tem personalidades muito diferentes. O comportamento introvertido e anti-social da MJ do cinema é o oposto completa do estilo extrovertido e glamouroso que tornou MJ a colega mais popular de Parker. Sem esquecer que, enquanto a MJ clássica era top model, a nova é nerd.



Simples coadjuvante no primeiro filme, Zendaya aparece com mais destaque no material de divulgação de “Homem-Aranha: Longe de Casa”, em cenas que mostram sua descoberta da identidade do herói e o crush de Peter Parker (Tom Holland).

Novamente escrito por Erik Sommers e Chris McKenna, e com direção de Jon Watts, responsáveis pelo longa anterior, “Homem-Aranha: Longe de Casa” estreia em 4 de julho no Brasil, um dia antes do lançamento nos Estados Unidos.

blank


blank

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings