Diretor de X-Men: Fênix Negra assume culpa pelo fracasso do filme



O diretor Simon Kinberg fez um mea culpa público sobre o fracasso de “X-Men: Fênix Negra” nas bilheterias.

Em entrevista ao programa do radialista Kim Masters, o cineasta disse que o filme não se conectou com o público, o que justificaria a arrecadação baixa de US$ 146 milhões e a recepção negativa por boa parte da crítica e dos fãs.

“Claramente é um filme que não se conectou com o público que não o viu, e que não se conectou o suficiente com o público que o viu. Então, isso é culpa minha”, disse Kinberg.

De fato é. Kinberg escreveu, dirigiu e produziu o longa, tomando as decisões sobre que história contar e como contá-la. E sua escolha foi por um remake de “X-Men: O Confronto Final”, até então o pior filme da franquia. Que ele também tinha escrito.

Mas ele dá de ombros, já que estaria demitido de qualquer forma, após a compra da Fox pela Disney. Kinberg não continuaria como produtor da franquia nem que o filme fosse um sucesso. Mas aproveitou para virar diretor com esse último capítulo.



“Adorei fazer o filme e amei as pessoas com quem fiz o filme”, ​​ele disse.

E explicou que o processo de aceitação do fracasso foi mais fácil graças a uma conversa que teve com Ridley Scott durante as filmagens de “Perdido em Marte” (2015).

O cineasta revelou revelou ao então produtor que tem um carinho especial pelo filme “Até o Limite da Honra” (1997), mesmo que tenha arrecadado menos de US$ 100 milhões nas bilheterias.

“Ele disse que é o seu filme preferido, porque foi um processo divertido e aprendeu muito nas filmagens. Eu pensei muito nisso ao longo dos anos, e fiquei com isso na cabeça na última semana”, refletiu.

“X-Men: Fênix Negra” teve uma aprovação de apenas 33% das críticas internacionais no Rotten Tomatoes e registrou a pior abertura de um filme da franquia nas bilheterias. Projeções do mercado estimam que o filme dará um prejuízo mínimo de US$ 100 milhões à Disney, que herdou o problema ao comprar a Fox.


Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings