Ator de T2 – Trainspotting é assassinado na Escócia


Bradley Welsh, que atuou em “T2 – Trainspotting” (2017), morreu baleado em Edimburgo, capital da Escócia, na quarta-feira (17/4). Ele tinha 42 anos.

Por volta das 20h, a polícia chegou à rua onde ele estava ferido, a Chester Street. Várias testemunhas haviam informado sobre um tiroteio na região. O caso é tratado pela Divisão de Polícia de Edimburgo como assassinato, segundo a BBC.

A participação de Welsh na continuação de “Trainspotting”, em que vive o líder de uma gangue, foi o único papel de ficção que ele interpretou. Mas não foi seu único filme.



Ex-lutador de boxe, campeão na categoria leve na Associação de Boxe Amador do Reino Unido em 1993, quando tinha 17 anos, Welsh apareceu nos documentários “The Boxer from Somewhere Else” (2012), “Danny Dyer’s Deadliest Men” (2008) e “Football Hooligans International” (2007).

O escritor Irvine Welsh, autor do livro que inspirou “Trainspotting”, prestou homenagem ao ator-pugilista nas redes sociais. “Bradley John Welsh, o meu coração está partido”, publicou no Twitter. “Obrigada por fazer de mim uma melhor pessoa e por me ajudar a ver o mundo de uma forma mais meiga e inteligente”.


Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings