Ator dos filmes de Scooby-Doo será o pai de Nancy Drew na nova série da detetive mirim

O ator Freddie Prinze Jr., que viveu Fred nos dois filmes live-action de “Scooby-Doo”, entrou no piloto da série “Nancy Drew”.

Ele vai interpretar Carson Drew, o pai de Nancy, que será vivida pela desconhecida Kennedy McMann (vista num episódio de “Law & Order: SVU” no ano passado). Carson é descrito como “um advogado dinâmico que se afastou de Nancy após a recente morte de sua amada esposa. Mas suas tentativas de se reconectar com sua filha encalharam quando uma investigação de Nancy revela segredos inquietantes do próprio passado de Carson”.

Em desenvolvimento para a rede americana The CW, o projeto pretende trazer de volta a famosa detetive mirim para a televisão, com produção de Josh Schwartz e Stephanie Savage (dupla de “Gossip Girl”, “Dinasty”, “Runaways”).

O lançamento de uma série de Nancy Drew tem sido uma prioridade para a CBS TV, que detém os direitos dos clássicos livros de mistério. Como não conseguiu emplacar o projeto na própria rede, com dois pilotos consecutivos recusados, a produção foi encaminhada para o CW, do qual a companhia é sócia.

Popular e influente, Nancy Drew foi o protótipo de todas as detetives femininas adolescentes, incluindo Veronica Mars e até a Velma de “Scooby Doo”. Ela foi criada pelo editor Edward Stratemeyer em 1930 como contraparte feminina para a série dos detetives juvenis Hardy Boys. As histórias eram publicadas sob o pseudônimo de Carolyn Keene, mas eram escritas por diversos escritores-fantasmas diferentes.

Em seu contexto original, Nancey era uma pré-adolescente que vivia com seu pai na cidadezinha de River Heights, resolvendo mistérios que envolviam os jovens da vizinhança. A menina só começou a crescer a partir dos anos 1980, quando uma nova série literária, “The Nancy Drew Files”, passou a incluir enredos românticos.

Os mistérios de Nancy Drew já venderam mais de 80 milhões de exemplares em todo o mundo, tendo sido traduzidos em 45 línguas diferentes. A personagem também já apareceu em cinco filmes e duas séries televisivas (nos anos 1970 e 1990), além de games de computador e produtos variados.

O filme mais antigo, “Nancy, A Detetive”, é de 1938. O mais recente foi lançada no cinema em 2007. Intitulado “Nancy Drew e o Mistério de Hollywood”, trazia Emma Roberts (série “Scream Queens”) no papel-título.

Atualmente, há um novo projeto cinematográfico em desenvolvimento, que será estrelado por Sophia Lillis, a adolescente ruivinha que roubou as cenas de “It: A Coisa”. Trata-se da adaptação do segundo livro da personagem, escrito em 1930 e lançado no Brasil como “Nancy Drew e a Escada Secreta”.

A versão da CW mostrará uma Nancy Drew mais velha. Mas não tanto, acompanhando a personagem como uma jovem adulta de 18 anos. Ou seja, “Veronica Mars”.

O projeto está sendo escrito por Noga Landau (roteirista do terror tecnológico “Tau” e da série “The Magicians”) e vai mostrar Nancy após sua formatura do ensino médio. Quando ela acha que vai deixar sua cidade natal para ir a faculdade, uma tragédia familiar a detém por mais um ano, envolvendo-a em uma investigação de assassinato fantasmagórica – enquanto sua investigação revela segredos mais profundos do que jamais imaginou.

Para virar série, o projeto da Fake Empire precisará ter seu piloto aprovado.