Ator de Gotham vai estrelar remake da série britânica Utopia

O ator Cory Michael Smith, intérprete do Charada na série “Gotham”, vai continuar ligado ao universo dos quadrinhos em sua próxima série. Ele entrou no elenco de “Utopia”, remake da série britânica de mesmo nome, em desenvolvimento para a Amazon.

A série gira em torno de um grupo de fãs de quadrinhos que descobrem uma conspiração nas páginas de uma continuação perdida de “Utopia”, sua graphic novel favorita. A história jamais tinha sido publicada porque seu autor e artista foi internado num hospício. Mas, ao descobrirem o manuscrito original, os fanboys também desvendam seu mistério: os quadrinhos denunciavam planos secretos para a esterilização em massa da humanidade. E a única pessoa com alguma noção do complô é a jovem filha do artista, que há anos foge da organização sinistra.

A adaptação está sendo escrita pela romancista Gillian Flynn, autora dos livros que deram origem aos filmes “Garota Exemplar” (2014), “Lugares Escuros” (2015) e à série “Objetos Cortantes” (Sharp Objects, 2018).

Cory Michael Smith viverá Thomas Christie, jovem ambicioso que trabalha no laboratório de biotecnologia de seu pai e acaba incumbido da tarefa de encontrar a única cópia dos quadrinhos.

Alguns nomes de personagens foram alterados, mas a descrição do papel lembra o arco de Neil Maskell na série britânica. Ele era um assassino encarregado de eliminar todos em seu caminho para recuperar o manuscrito, e também o personagem com mais destaque nos pôsteres da atração original.

Os outros atores confirmados na adaptação são Dan Byrd (“Cougar Town”), Ashleigh LaThrop (“O Método Kominsky”) e Desmin Borges (“You’re the Worst”) como três dos fanboys, Sasha Lane (do vindouro “Hellboy”) como a filha do artista, Farrah Mackenzie (“Logan Lucky”) como uma menina que vai se envolver na fuga dos fanboys e Rainn Wilson (“The Office”) como um virologista negligenciado, que volta a ficar em evidência diante de uma nova epidemia mundial de gripe. Ainda falta definir o mais jovem dos fanboys, que na série original se chamava Grant.

Originalmente desenvolvida para a HBO com produção do cineasta David Fincher (“Clube da Luta”), a série será agora produzida por Jessica Rhoades, responsável pela produção de “Objetos Cortantes”, em parceria com Gillian Flynn e os produtores britânicos da “Utopia” original.