Divulgação/DC Comics

Warner encomenda roteiro para um filme do super-herói Homem-Borracha

A Warner está desenvolvendo mais uma adaptação dos quadrinhos da DC Comics. Segundo apurou a revista The Hollywood Reporter, o estúdio contratou a pouco conhecida Amanda Idoko para escrever o roteiro de um filme do Homem-Borracha.

Ela trabalhou na série “The Mayor”, encerrada em janeiro após 13 episódios, e assina a história do vindouro filme de Tate Taylor (“Histórias Cruzadas”) intitulado “Breaking News In Yuba County”.

A ideia dos executivos da Warner é manter o tom cômico das histórias do personagem nos quadrinhos. O Homem-Borracha (que é de plástico em inglês: Plastic Man) ficou conhecido como o piadista original dos super-heróis.

Curiosamente, ele não surgiu nas publicações da DC, tendo sido criado por Jack Cole para a Quality Comics em 1941. Quando a Quality faliu em 1956, a DC adquiriu os direitos de muitos dos personagens, entre eles o Homem-Borracha.

A verdadeira identidade do herói é Patrick “Eel” O’Brian, um criminoso reformado. O’Brian fazia parte de uma gangue e, durante um assalto mal feito, é baleado e – claro – também encharcado com um líquido químico. Deixado para morrer pela gangue, ele não só sobrevive como adquire o poder de mudar de forma e esticar seu corpo, tornando-se o homem mais maleável do mundo. O milagre o faz mudar de vida e, em sua vida civil, virar um policial.

O personagem acabou cultuado pela forma bem-humorado como encarava seus poderes absurdos e até teve sua própria série animada em 1979.

Ao entrar na DC, o Homem-Borracha também passou a integrar a Liga da Justiça, e precisou lidar com o fato de a editora já ter um herói de poderes similares, o Homem-Elástico. Mas enquanto o segundo surgiu claramente inspirado na criação de Jack Cole – assim como o Sr. Fantástico na Marvel – , os dois acabaram se provando muito diferentes em termos do humor de suas histórias.

Inspirado pelas comédias de pastelão, o Homem-Borracha está mais para Deadpool que qualquer outro herói da DC e isso deve ter sido um fator significativo para a Warner considerar um filme sobre suas aventuras cômicas.

Ainda não há diretor ou previsão de estreia para a produção.