Fotos revelam Rodrigo Santoro como o Louco no filme da Turma da Mônica



O personagem de Rodrigo Santoro em “Turma da Mônica: Laços” foi revelado com a divulgação de suas primeiras fotos no filme. Ele vai interpretar o Louco, um dos personagens icônicos dos quadrinhos de Mauricio de Sousa.

O ator também aparece no trailer, por enquanto revelado apenas ao público da CCXP (Comic Con Experience) 2018.

“Fiquei muito emocionado com o convite. Lembro que ficava sempre esperando o Louco aparecer no gibi, saindo de dentro de uma torneira ou algo assim, adorava a personagem. Dar vida ao Louco me permitiu explorar esse universo livre, lúdico e cheio de bom humor. A verdade é que pra não enlouquecer no mundo em que vivemos, é necessária a ‘loucura’ da infância”, contou Santoro.

O diretor Daniel Rezende (de “Bingo: O Rei da Manhã”) revelou que o ator da série “Westworld” foi o primeiro nome que ele convidou para o elenco do filme. “Ele foi o primeiro ator que convidei pro ‘Laços’. Nos encontramos num evento e Santoro perguntou qual era o meu próximo projeto, respondi sem pensar: ‘o filme live-action da Turma da Mônica e você vai ser o Louco’. Foi uma intuição que me bateu na hora e que ele foi louco o bastante para aceitar”, disse Rezende.

No filme, Cebolinha (Kevin Vechiatto) “recluta” a turma para procurar seu cachorro Floquinho, que desapareceu. Seu “plano infalível” conta com a força de Mônica (Giulia Benite), a miudeza de Magali (Laura Rauseo) e a impermealidade de Cascão (Gabriel Moreira) para sobreviver na floresta, onde moram criaturas sombrias, e outras apenas loucas — como o Louco. Para não se perderem na volta, o grupo amarra laços para marcar as árvores — daí o nome do filme.

O longa, na verdade, tem como base a graphic novel homônima, uma releitura do trabalho original de Mauricio de Sousa, criada pelos irmãos Lu e Vitor Cafaggi com uma trama mais adulta e repleta de referências à cultura pop dos anos 1980.


Os autores da graphic novel assinam o roteiro da adaptação, que ainda inclui no elenco com Monica Iozzi (“Mulheres Alteradas”) como a Dona Luísa, Paulo Vilhena (“Como Nossos Pais”) como seu Cebola e Ravel Cabral (“Vai que Dá Certo 2”) como o Homem do Saco.

Já os astros mirins que interpretam o quarteto central são todos estreantes, selecionados após muitos testes.

O filme tem estreia marcada para 27 de junho.



Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings