Disney confirma novo Piratas do Caribe sem Johnny Depp



A Disney confirmou nesta quinta-feira (20) que planeja um reboot de “Piratas do Caribe” sem Johnny Depp. Intérprete do pirata Jack Sparrow em todos os filmes da franquia, o ator foi descartado da nova sequência de filmes, que está sendo escrita pela dupla Rhett Reese e Paul Wernick, de “Deadpool”.

Sean Bailey, diretor de produção do departamento de filmes live-action da Disney, explicou à revista The Hollywood Reporter que o estúdio quer “trazer nova energia e vitalidade” para a franquia. “Eu amo os filmes de Piratas. A parte tão interessante de trazer Paul e Rhett é uma renovação. E é isso que eu pedi para eles”.

Embora o assunto não seja abordado abertamente, a reputação de Johnny Depp virou um problema, que a Disney não quer assumir. Acusações de violência doméstica de sua ex-mulher, Amber Heard, briga com o ex-empresário que expôs sua fama de perdulário e a agressão a um profissional num set de filmagem acabaram com o perfil de astro de filmes infantis que Depp cultivou. Isso sem contar os problemas criados nos bastidores de “Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar”, supostamente feito com Depp bêbado e brigando com a esposa.



Recentemente, o ator apareceu em “Animais Fantásticos 2: Os Crimes de Grindelwald”.

Vale considerar que o quinto filme já tinha a intenção de fazer uma transição suave para uma nova fase de “Piratas do Caribe”, com a introdução de novos personagens, mas os escândalos do ator e a baixa bilheteria da produção – a menor dos cinco lançamentos da franquia nos EUA – fez a Disney optar por um reboot radical.



Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings