Série do Monstro do Pântano completa elenco central e inicia produção

A série “Swamp Thing”, que adapta os quadrinhos do Monstro do Pântano, completou seu elenco central e iniciou sua produção. O começo dos trabalhos foi anunciado pela atriz Crystal Reed (“Gotham”), que divulgou em seu Instagram uma foto do diretor Len Wiseman (“Anjos da Noite”) atrás de uma câmera, acompanhado pela hashtag #DayOne (primeiro dia).

Wiseman também deu a dica ao postar um vídeo em que aparece com a equipe de produção circulando de barco pelos pântanos da Louisiana, onde a série se passa, demonstrando como a ambientação é excelente para uma história de terror. Veja abaixo.

A atriz Crystal Reed, que interpretou Sofia Falcone em “Gotham”, ficou com o papel principal. Ela viverá a protagonista Abby Arcane.

A série pretende mudar ligeiramente a trama criada em 1972 pelos lendários Len Wein (também pai de Wolverine) e Bernie Wrightson, alterando o foco para a namorada do personagem nos quadrinhos. Originalmente, Abby Arcane era sobrinha do cientista louco/alquimista Anton Arcane, uma espécie de Dr. Moreau da DC, que criava monstros por meio de mágica e manipulação genética, e foi a primeira personagem a demonstrar empatia pela criatura, após ser salva – junto do marido – repetidas vezes pelo Monstro.

Na premissa da série, ela vai surgir solteira e como uma pesquisadora do Centro de Controle de Doenças Contagiosas (CDC, na sigla em inglês), que retorna a sua casa de infância na cidadezinha de Marais, na Louisiana, para investigar um vírus mortal transmitido pelo pântano.

Ela desenvolve um vínculo com o cientista Alec Holland, apenas para tê-lo tragicamente tirado dela. Mas quando forças poderosas agem sobre o local com a intenção de explorar as misteriosas propriedades do pântano para seus próprios propósitos, Abby descobrirá que o lugar guarda segredos místicos e que seu potencial interesse romântico pode não estar morto.

Alec Holland, por sua vez, será vivido por Andy Bean (o Stanley adulto de “It: A Coisa, Capítulo 2”) e Derek Mears (o Jason da franquia “Sexta-Feira 13”). O primeiro dará vida à versão “humana” do biólogo, enquanto Mears representará o Monstro do Pântano.

A produção também confirmou três mudanças raciais em relação aos quadrinhos.

A atriz Maria Sten (“Straight Outta Compton”) será Liz Tremayne, mais uma personagem ruiva da DC Comics que terá interprete negra na TV. Nos quadrinhos, Tremayne é a jornalista que investiga a morte de Alec Holland. Ela vai manter a profissão na série, mas terá jornada dupla como garçonete no bar de seu pai. Além disso, a personagem é apresentada como amiga de infância de Abby.

Jeryl Prescott (“Ray Donovan”, “The Walking Dead”), por sua vez, incorporará Madame Xanadu, que tem suas próprias aventuras na DC Comics desde 1978. A mudança racial joga por terra sua cronologia dos quadrinhos, que a apresenta como a encarnação moderna da feiticeira Nimue da lenda medieval do Rei Arthur.

Já Henderson Wade (“Extant”) viverá Matt Cable, que não mudou só de etnia em relação aos quadrinhos. Introduzido na primeira edição do Monstro do Pântano em 1972 como um agente federal encarregado de proteger o cientista Alec Holland, ele passa boa parte do arco original da história perseguindo o Monstro, a quem culpa pela morte do amigo, sem saber que os dois são a mesma pessoa, e acaba se envolvendo romanticamente com Abby Arcane, num triângulo bizarro com a criatura de Louisiana, antes de ter um final terrível.

Tudo isso foi abandonado na série, em que Matt Cabble é filho da xerife Lucilla Cable (criada para a atração) e foi namorado de Abby na adolescência. Já a xerife, descrita como durona, tem interpretação de ninguém menos que Jennifer Beals (das séries “Taken”, “The L Word” e do musical clássico “Flashdance”).

Além destes, três vilões foram anunciados.

Virginia Madsen (“Designed Survivor”) viverá Maria Sunderland, que trocou sua educação privilegiada pelos pântanos quando se casou com o magnata do comércio local Avery Sunderland, mas a obsessão da vida de Avery pelo pântano causou uma ruptura entre eles. Sua vida equilibrada é abalada ainda mais quando o retorno de Abby Arcane desperta uma tristeza profunda pela perda de sua filha, Shawna, atraindo-a para os sombrios mistérios sobrenaturais que emergem do pântano.

A personagem não aparece nos quadrinhos, mas Avery Sunderland tem presença importante na trama, como um general que comanda uma grande corporação científica, interessado em caçar e estudar o Monstro do Pântano, de forma similar ao que acontece no filme vencedor do Oscar “A Forma da Água” (2017). A versão de carne e osso do personagem será vivida por Will Patton (“Falling Skies”).

Um dos cientistas encarregados por Sunderland para fazer testes na criatura é Jason Woodrue, cujo nome é bem conhecido dos leitores dos quadrinhos, por se tornar o Homem Florônico. Supervilão deformado por experiências, ele costumava enfrentar super-heróis até o escritor Alan Moore recriá-lo nas páginas do Monstro do Pântano. Seu intérprete na série é Kevin Durand (da série “The Strain”).

Com esta relação de personagens, é possível deduzir a trama de grande parte da temporada. Mas, curiosamente, o principal antagonista dos quadrinhos não foi escalado: Anton Arcane.

A série foi desenvolvida pelos roteiristas-produtores Mark Verheiden (“Constantine”) e Gary Dauberman (“It: A Coisa”) para a produtora Atomic Monster, do diretor James Wan (“Invocação do Mal”). O primeiro episódio tem direção de Len Weiseman (“Anjos da Noite”), mas não há mais informações sobre quem fará os demais capítulos, nem há previsão para a estreia.

A série “Swamp Thing” será disponibilizada na plataforma DC Universe nos Estados Unidos.

Visualizar esta foto no Instagram.

Let the games begin ? #dayone @lenwiseman

Uma publicação compartilhada por Crystal Marie Reed (@crystalmreed) em

Visualizar esta foto no Instagram.

Enjoy The Silence #LocationLocationLocation

Uma publicação compartilhada por Len Wiseman (@lenwiseman) em