Intérpretes das Princesas da Disney se juntam na première de WiFi Ralph



A Disney reuniu as intérpretes de suas Princesas Encantadas na première de “WiFi Ralph: Quebrando a Internet”, animação repleta de personagens do estúdio. A reunião lembra que as Princesas que aparecem no filme são dubladas, em inglês, pelas mesmas vozes que as consagraram em suas animações clássicas. Antes disso, as atrizes só tinham se juntado na D23 Expo (a Comic-Con da Disney) do ano passado, quando anunciaram os planos da animação. O reencontro aconteceu no tapete vermelho do El Capitan, em Los Angeles, na noite de segunda (5/11).

A primeira exibição do filme juntou Princesas de várias gerações: Jodi Benson (Ariel), Paige O’Hara (Bela), Linda Larkin (Jasmine), Irene Bedard (Pocahontas), Ming-Na Wen (Mulan), Mandy Moore (Rapunzel) e Auli’i Cravalho (Moana), além de Kate Higgins, que substituiu a aposentada Mary Costa (Aurora) no filme, Jennifer Hale, no lugar da falecida Ilene Woods (Cinderela), e Pamela Ribon, que é roteirista de “WiFi Ralph” e teve a missão de substituir a voz que iniciou essa tradição, no lugar da falecida Adriana Caselotti (Branca de Neve). E, claro, Sarah Silverman, no melhor espírito de Vanellope, também aparece de penetra no meio delas.

A festa só não foi completa porque faltaram quatro Princesas: Anika Noni Rose (Tiana), Kelly Macdonald (Merida), Kristen Bell (Anna) e Idina Menzel (Elsa).

Por sinal, vale lembrar que a animação “Valente” (2012), que traz Merida, é uma produção da Pixar.


Mas esta não é a única curiosidade. Como no filme, que mostra as Princesas pela primeira vez de moletons e trajes de descanso, uma das fotos revela que as atrizes trocaram os saltos atos das fotos do tapete vermelho por tênis confortáveis no interior do cinema. É a primeira da galeria abaixo. Compare.

A desculpa narrativa para a reunião monárquica é uma viagem ao reino encantado da internet. Se no primeiro filme Ralph (voz original de John C. Reilly) interagia com personagens de videogames clássicos, desta vez ele e sua amiguinha Vanellope (voz de Sarah Silverman) vão viver aventuras na internet – graças à descoberta de um roteador de wi-fi.

A ideia da continuação também é uma grande oportunidade de sinergia comercial para a Disney. Agora, em vez de promover videogames clássicos de outras companhias, a trama aproveita para evidenciar franquias do próprio estúdio. Além disso, juntará pela primeira vez personagens da Disney, Pixar, Marvel e Lucasfilm num mesmo filme.

Novamente dirigido por Rich Moore, agora em parceria com o roteirista Phil Johnston, a sequência de “Detona Ralph” tem estreia marcada para 21 de novembro nos Estados Unidos e apenas em 3 de janeiro de 2019 no Brasil.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings