Venom e Nasce uma Estrela não dão chances a Primeiro Homem nas bilheterias da América do Norte



“Venom” e “Nasce uma Estrela” mantiveram suas posições de domínio nas bilheterias em seu segundo fim de semana em cartaz na América do Norte. Mesmo com grande queda de faturamento, acima dos 56%, o filme do anti-herói da Marvel faturou bem, US$ 35,7 milhões, para se manter no 1º lugar. Mas “Nasce uma Estrela” mostrou-se mais resistente. Seus US$ 28 milhões representaram uma queda de apenas 35% em relação à semana de estreia.

O sucesso dos dois filmes prejudicou o principal lançamento da sexta (12/10), o drama de época “Primeiro Homem”, sobre a conquista da Lua nos anos 1960, que abriu em 3º lugar com uma bilheteria considerada fraca, US$ 16,5 milhões. O desempenho abaixo das projeções veio, ao menos, acompanhado por elogios da crítica, que deram ao novo filme do diretor Damien Chazelle (“La La Land”) 88% de aprovação.

Em 4º lugar e com arrecadação próxima, “Goosebumps 2 – Halloween Assombrado” não teve esta compensação. Foi destruído pela crítica, com 43% no Rotten Tomatoes.

Já a terceira estreia ampla da semana, “Maus Momentos no Hotel Royale”, ficou apenas em 7º lugar. Nem as críticas positivas (72%) animaram o público a prestigiar o novo filme do ator Chris Hemsworth (“Vingadores: Guerra Infinita”), escrito e dirigido por Drew Goddard (indicado ao Oscar pelo roteiro de “Perdido em Marte”), que rendeu US$ 7,2 milhões. Neste caso, a nota de consolação é seu baixo orçamento. Custou menos que todos os demais, US$ 32 milhões. Mas precisaria faturar uns US$ 100 milhões para sair do vermelho, o que parece difícil.

De todo modo, ainda há todo o mercado internacional para equilibrar os fracassos americanos. Mercado, por sinal, que também está dominado por “Venom” e “Nasce uma Estrela”, ajudando os dois a se pagarem com sobras em apenas duas semanas.

“O Primeiro Homem” já chega ao Brasil na próxima quinta (18/10). Já “Maus Momentos no Hotel Royale” está previsto somente para janeiro, uma data tão distante que pode até virar lançamento direto em VOD.

BILHETERIAS: TOP 10 América do Norte

1. Venom
Fim de semana: US$ 35,7m
Total EUA e Canadá: 142,8m
Total Mundo: US$ 378,1m

2. Nasce uma Estrela
Fim de semana: US$ 28m
Total EUA e Canadá: US$ 94,1m
Total Mundo: US$ 135,3m



3. O Primeiro Homem
Fim de semana: US$ 16,5m
Total EUA e Canadá: US$ 16,5m
Total Mundo: US$ 25,1m

4. Goosebumps 2 – Halloween Assombrado
Fim de semana: US$ 16,2m
Total EUA e Canadá: US$ 16,2m
Total Mundo: US$ 19,9m

5. PéPequeno
Fim de semana: US$ 9,3m
Total EUA e Canadá: US$ 57,6m
Total Mundo: US$ 110,2m

6. Operação Supletivo – Agora Vai!
Fim de semana: US$ 8m
Total EUA e Canadá: US$ 59,8m
Total Mundo: US$ 75,2m

7. Maus Momentos no Hotel Royale
Fim de semana: US$ 7,2m
Total EUA e Canadá: US$ 7,2m
Total Mundo: US$ 11,2m

8. O Mistério do Relógio na Parede
Fim de semana: US$ 3,9m
Total EUA e Canadá: US$ 62,2m
Total Mundo: US$ 101,8m

9. O Ódio que Você Semeia
Fim de semana: US$ 1,7m
Total EUA e Canadá: US$ 2,4m
Total Mundo: US$ 2,4m

10. Um Pequeno Favor
Fim de semana: US$ 1,3m
Total EUA e Canadá: US$ 52m
Total Mundo: US$ 83m


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings