Roteirista da animação Aladdin reclama do remake e da própria Disney no Twitter



O roteirista Terry Rossio, um dos escritores da animação clássica “Aladdin”, foi ao Twitter reclamar da Disney e detonar o remake, que teve sua primeira prévia divulgada na semana passada.

Ele alega que o estúdio simplesmente refilmou sua história sem que ele recebesse nada por isso.

“Muito estranho que as únicas palavras do trailer do novo ‘Aladdin’ são rimas que eu e meu parceiro de escrita escrevemos, e a Disney não ofereceu compensação alguma para nós (ou qualquer roteirista desses remakes live action), nem mesmo uma camiseta ou um ingresso para seu parque”.

O parceiro a quem ele se refere é Ted Elliott. Os dois também criaram a bem-sucedida franquia “Piratas do Caribe” para a Disney – além de “Shrek” para a DreamWorks Animation.

O roteiro do remake é creditado a John August (“Frankenweenie”) e ao diretor Guy Ritchie (“Rei Arthur: A Lenda da Espada”).

No filme, Will Smith viverá o Gênio da lâmpada e contracenará com o pouco conhecido Mena Massoud (da série “Jack Ryan”) no papel de Aladdin, além de Naomi Scott (“Power Rangers”), que vive a Princesa Jasmine, e Marwan Kenzari (“A Múmia”) como o vilão Jafar.


O lançamento faz parte da leva de remakes modernos do catálogo de animações da Disney, um filão lucrativo que já rendeu sucessos como “Alice no País das Maravilhas” (2010), “Malévola” (2014), “Cinderella” (2015), “Mogli, o Menino Lobo” (2016) e “A Bela e a Fera” (2017), e que tem muitas outras refilmagens em andamento.

“Aladdin” tem estreia agendada para 23 de maio no Brasil, um dia antes do lançamento nos Estados Unidos.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings