Rose McGowan pede desculpas por erro que transformou a vida de Asia Argento num inferno

Rose McGowan, um dos principais nomes do movimento #MeToo, em que celebridades de Hollywood denunciam assédios, publicou um comunicado em seu Twitter se desculpando por ter divulgado “fatos que não estavam corretos” contra a atriz Asia Argento, que é acusada de ter abusado do ator Jimmy Bennett em 2013, quando ele tinha 17 anos.

No dia 27 de agosto, Rose publicou um longo texto nas redes sociais em que afirmava ter incentivado a namorada, Rain Dove, a levar à polícia uma troca de mensagens com Asia, em que a atriz contava detalhes sobre o caso com Bennett. Entre as acusações feitas por McGowan estavam a de que o ator mandava fotos em que aparecia nu desde os 12 anos de idade para Argento e que ela nunca pediu ou tomou uma atitude para que ele parasse.

Isto fez Asia ser demitida do programa de calouros musicais “X-Factor” da Itália. Ela também foi chamada de “hipócrita” pelo advogado de Harvey Weinstein, a quem acusa de estupro, e passou a ser condenada por integrantes do movimento #MeToo, que a tinham como heroína até poucas semanas atrás, além de ser rotulada como pedófila.

Agora, Rose volta atrás, diz que se equivocou e pede desculpas.

“Divulguei um comunicado sobre Asia Argento que agora eu sei que continha um número de fatos incorretos”, escreveu McGowan. “Eu entendi errado as mensagens que Asia trocou com a minha companheira, Rain Dove, que deixam claro que Jimmy mandou mensagens inapropriadas para Asia apenas depois que eles se encontraram, quando ele tinha 17 (ainda menor de idade na Califórnia, mas notavelmente diferente de alguém de 12 anos).”

McGowan ainda afirmou que não comentará mais sobre o caso envolvendo a outra atriz e declarou. “Me arrependo profundamente de não ter corrigido o meu erro antes e peço desculpas à Asia por isso”.

Asia Argento também usou o Twitter para responder. “Embora esteja grata à Rose McGowan pelo seu pedido de desculpa completo depois das suas alegações infundadas sobre mim, eu podia ter mantido o meu emprego no [programa] ‘X-Factor’ e evitado as constantes acusações de pedofilia a que tenho sido sujeita na vida real e online se ela o tivesse feito isso mais cedo. Agora segue em frente, vive a tua vida e para de magoar outras pessoas, está bem Rose?”

Rose McGowan e Asia Argento ficaram amigas após compartilharem em público que foram estupradas por Harvey Weinstein há alguns anos. A dupla se juntou a mais de 100 mulheres que denunciaram o produtor de Hollywood nas redes sociais, dando origem ao movimento #MeToo. McGowan apresentou sua namorada à Argento em julho, logo após o suicídio do então namorado da atriz, o chef Anthony Bourdain. As três viajaram juntas à Berlim.

Argento achou que podia confiar nelas e desabafou sobre o caso, quando as denúncias de que teria estuprado Jimmy Bennet vierem à tona, numa reportagem do jornal The New York Times. Inicialmente, ela negou tudo num comunicado. Mas, de forma privada, confirmou para Rain Dove, contando que, na verdade, tinha sido estuprada pelo rapaz, mas tinha pena dele. Esta confidência foi tornada pela pública pela namorada de Rose McGowan e aumentada pela própria, com a história dos nudes.