Oliver luta na prisão em novo trailer tenso da 7ª temporada de Arrow



A rede CW divulgou um novo trailer da 7ª temporada de “Arrow”, que mostra Oliver Queen (Stephen Amell) numa penitenciária de segurança máxima. Tensa, a prévia acompanha a rotina violenta do protagonista em conflito com outros prisioneiros que ele próprio enviou para a cadeia, e também apresenta novos personagens, inclusive um misterioso arqueiro que Laurel (Katie Cassidy) garante não ser Oliver.

A série vai retornar com o episódio intitulado “Inmate 4587”, escrito por Beth Schwartz. O título se refere à identificação de Oliver no sistema prisional, como o prisioneiro 4587. Cinco meses terão se passado desde sua prisão por crimes cometidos como vigilante de Star City. Mas isso não significa que ele deixará de lutar contra vilões. Agora, porém, os conflitos acontecem na prisão. Entre os antigos adversários que retornam, após serem presos pelo Arqueiro Verde, estão Ben Turner/Tigre de Bronze (Michael Jai White), Derek Sampson (Cody Runnels) e Danny “Brick” Brickwell (Vinnie Jones).

Enquanto isso, um novo arqueiro, que usa flechas para matar, chega em Star City, desafiando a lei contra atos de vigilantismo. Por conta disso, Laurel da Terra 2 assumirá de vez o papel da personagem original, como promotora de justiça. Mas o restante do time Arrow enfrentará dificuldades para se ajustar à vida civil.

Para piorar a situação, Ricardo Diaz (Kirk Acevedo) ainda planeja se vingar dos amigos e família de Oliver, e contará com um trio de assassinos mortais para atingir seu objetivo. Conhecidos como Caçadores (Longbow Hunters, no original), eles serão vividos na série por Holly Elissa (da série “Whistler”), Michael Jonsson (“Van Helsing”) e Miranda Edwards (“The Magicians”).


Para não ficar só nas desgraças, há uma boa notícia: o ator Colton Haynes voltará a viver Arsenal como integrante fixo da atração.

A estreia da 7ª temporada está marcada para segunda-feira (15/10) nos Estados Unidos.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings