Sucesso dos anos 1980, série Designing Women vai voltar a ser produzida



A Sony vai produzir uma nova versão da série “Designing Women”, grande sucesso dos anos 1980 na rede CBS, que será desenvolvida pela criadora original, Linda Bloodworth-Thomason.

A série foi lançada em 1986 e durou sete temporadas, até 1992, recebendo três indicações ao Emmy de Melhor Comédia. A trama acompanhava quatro mulheres que trabalhavam numa empresa de design em Atlanta. As protagonistas eram interpretadas por Dixie Carter, Delta Burke, Annie Potts e Jean Smart e contavam com um assistente excêntrico (palavra secreta para “gay” nos anos 1980) vivido por Meshach Taylor.

Considerada pioneira na discussão de temas relacionados ao mercado de trabalho feminino e independência das mulheres, “Designing Women” marcou época e tornou Linda Bloodworth-Thomason numa das produtoras mais prestigiadas da indústria televisiva, a ponto de ter mais duas séries lançadas simultaneamente, “Evening Shade” (1990–1994), estrelada por Burt Reynolds, e “Hearts Afire” (1992–1995), com John Ritter e Billy Bob Thornton. Até que, de repente, na metade dos anos 1990, ela sumiu da TV, ficando seis anos sem emplacar nenhuma série nova.

O mistério que envolvia essa queda brusca após uma ascensão fulminante foi encerrado há poucos dias, quando Linda Bloodworth-Thomason escreveu um artigo para a revista The Hollywood Reporter. “As pessoas me perguntavam o que tinha acontecido”, ela contou. “Les Moonves me aconteceu”.


O texto explicava como a contratação de Leslie Moonves ao cargo de presidente da rede CBS, em julho de 1995, acabou com sua carreira. Como ele cancelou suas séries e reprovou todos os pilotos que ela apresentou na rede, para fazê-la romper um contrato que previa uma multa generosa caso a iniciativa partisse da CBS. E como, sob seu comando, a rede que já tinha sido lar de “Mary Tyler Moore” e “Murphy Brown”, tirou do ar todos os programas de viés feminista para colocar no lugar séries com protagonistas masculinos, tornando-se um canal indissociável do gênero policial.

Leslie Moonves foi demitido da CBS na segunda-feira (10/9) após uma coleção de denúncias de assédio sexual tornar sua permanência insustentável.

Ainda não está claro se a produtora de “Designing Women” pretende fazer um revival com o elenco original, como irá acontecer com “Murphy Brown”, ou se planeja um reboot com novos personagens, como “Charmed” na rede CW.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings