Primeiro trailer legendado de Capitã Marvel supera expectativas



A Marvel não brinca em serviço. O primeiro trailer legendado de seu próximo filme, “Capitã Marvel”, impressiona pelo clima épico, cenas de ação, efeitos visuais, invasão alienígena, outros mundos, jornada heroica e termina de forma tão brusca que sugere instante para inserção dos aplausos e gritos de aprovação dos fãs. Expectativas mais que superadas.

Além do impacto – literal e figurado – das primeiras cenas divulgadas, a prévia, que começa com um estrondo, supera até a grande fragilidade da personagem nos quadrinhos. É que a forma como ela ganha superpoderes era muito parecida com a origem do Lanterna Verde, um piloto que virava super-herói ao encontrar um alienígena.

Na trama clássica escrita por Roy Thomas e desenhada por Gene Colan no final dos anos 1960, Carol Danvers era uma piloto da Força Aérea americana que se tornava super-heroína ao ser salva de uma explosão radioativa pelo super-herói alienígena Capitão Marvel. A explosão atingia seu corpo em nível celular, misturando genes kree em seu DNA, que lhe devam superforça, poder de voo e um “sétimo sentido” (similar, porém mais poderoso que o “normal” sexto sentido).

O vídeo aponta que a explicação de seus poderes não será linear, já que começa com um acidente no espaço para introduzir a mulher que caiu na Terra na época dos DVDs (anos 1990). Ao chegar, ela é encontrada por Nick Fury (Samuel L. Jackson) e passa a ter flashbacks de uma vida passada como piloto americana, que a faz questionar sua própria existência como kree. E a edição inclui trechos que a revelam sofrendo uma espécie de lavagem cerebral no interior de uma nave espacial.

Esta conexão com a Aeronáutica ainda é explorada no novo pôster da produção, que traz Capitã Marvel num hangar, diante de aviões. Veja abaixo.


Também há aparições de personagens importantes, como o agente Coulson (Clark Gregg), que retorna aos filmes da Marvel, e Mar-Vell (Jude Law), em meio a um time de heróis intergaláticos, conhecido como Starforce, além de outra raça de alienígenas, os skrulls, que são capazes de se transformar em qualquer pessoa com quem entram em contato – o que explica a cena em que a heroína esmurra uma velhinha sorridente.

O elenco também inclui Gemma Chan (série “Humans”), Annette Bening (“Beleza Americana”), Ben Mendelsohn (“Rogue One: Uma História Star Wars”) e McKenna Grace (“Designated Survivor”) como a versão mirim da heroína, sem esquecer dos retornos de Djimon Hounsou e Lee Pace como os vilões Ronan e Korath, do primeiro “Guardiões da Galáxia”.

Dirigido pelo casal de cineastas indies Anna Boden e Ryan Fleck (“Parceiros de Jogo”) “Capitã Marvel” chega aos cinemas brasileiros em 7 de março de 2019.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings