Edward Norton está sendo processado por casal após incêndio



A produtora do ator Edward Norton está sendo processada por um casal, devido ao incêndio que destruiu o prédio onde mora.

Erica e George Cruz disseram que o incêndio do último sábado (24/3) no Harlem, em Nova York, teve início durante as filmagens de um longa dirigido pelo ator, intitulado “Motherless Brooklyn”, e que a equipe da produção os tranquilizou dizendo que tudo estava controlado.

Acontece que este não foi o caso. Segundo informou o site TMZ, mais de 200 bombeiros responderam ao alarme de incêndio, sendo que um deles morreu tentando apagar as chamas.

As vítimas afirmam que “tiveram que correr por sua vida descendo várias escadas escuras” e que ainda perderam diversos objetos pessoais.



Edward Norton divulgou uma declaração no final de semana lamentando a tragédia, mas salientando que o incêndio não começou nas filmagens e nem por culpa de sua equipe.

“Se a nossa equipe de filmagem não tivesse noticiado a situação e alertado o departamento de bombeiros com a velocidade com que fizeram, acredito que os residentes dos edifícios teriam morrido”, ele afirmou.

A construção dos anos 1920 chegou a ser um local de festas noturnas, mas não era considerada adequadamente protegida para enfrentar incêndios, o que permitiu o fogo se espalhar rapidamente.

“Motherless Brooklyn” é o segundo filme dirigido por Norton, que estreou na função na comédia “Tenha Fé” (2000). O elenco inclui Bruce Willis (“Desejo de Matar”), Willem Dafoe (“Projeto Flórida”), Gugu Mbatha-Raw (“Uma Dobra no Tempo”), Leslie Mann (“Como Ser Solteira”), Bobby Cannavale (série “Mr. Robot”) e Alec Baldwin (“Blue Jasmine”), e a estreia estava prevista para 2019.



Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings