Trailer mostra a estreia da Legião dos Super-Heróis na série Supergirl

 

A rede CW divulgou o trailer do próximo episódio de “Supergirl”, que marcará o retorno da série após o hiato de fim de ano. Além de mostrar o que aconteceu com a heroína (Melissa Benoist), após a surra sofrida no último episódio do ano passado, o trailer mostra a Legião dos Super-Heróis em ação.

O episódio foi batizado, justamente, de “Legion of Superheroes”, e traz Mon-El (Chris Wood) com sua roupa de super-herói, ao lado de Saturnia, pronto para enfrentar a ameaça de Régia (Odette Annable). Enquanto isso, Brainiac 5 tenta se comunicar com a inconsciente Supergirl.

Mas os fãs que esperavam pela revelação do time de super-heróis do século 30 desde a introdução de Mon-El na temporada passada podem ficar decepcionados. Além de nenhum dos três lembrar visualmente os personagens dos quadrinhos em que são baseados, a escolha das missões também é pouco lógica, já que quem possui poderes mentais é Saturnia.

Loira nos quadrinhos, Saturnia ganhou interpretação da estrela de Bollywood Amy Jackson. E até o esverdeado Brainiac 5, por algum motivo obscuro, tornou-se azulado na versão vivida por Jesse Rath (em seu segundo personagem alienígena, após Alak Tarr na série “Defiance”).

Primeiros heróis cults dos quadrinhos, a Legião dos Super-Heróis surgiu numa história do Superboy de 1958, escrita por Otto Binder e desenhada por Al Plastino. E fez tanto sucesso que voltou a aparecer outras vezes, até ganhar sua série própria. Seus fãs eram os que mais escreviam cartas, além de se reunir em clubes e publicar fanzines, estimulados pelos editores, que promoviam votações abertas para determinar o líder anual do grupo – o que fomentou um fenômeno geek antes de existir cultura geek. Os quadrinhos da Legião também anteciparam “Star Trek” ao apresentar uma visão utópica do futuro, em que raças de diferentes planetas conviviam sob a… Federação dos Planetas Unidos! Por curiosidade, já houve um crossover da Legião com “Star Trek” nos quadrinhos. A publicação era tão respeitada que seu escritor de mais de uma década, Paul Levitz, virou presidente da DC Comics. Com o tempo, porém, os diversos reboots da empresa bagunçaram tanto a cronologia da publicação que ela acabou perdendo todo seu prestígio original.

De todo modo, esta não é a primeira vez que a Legião aparece de carne e osso numa série da DC Comics. Saturnia e outros heróis do futuro tiveram uma pequena participação em dois episódios da antiga série “Smallville”, que soube respeitar melhor as características originais dos personagens.

O próximo episódio de “Supergirl” vai ao ar em 15 de janeiro nos Estados Unidos. No Brasil, a série é exibida pelo canal pago Warner.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings