Filme do Homem-Múltiplo com James Franco deve ser para maiores

O filme sobre o Homem-Múltiplo deve ser produzido para maiores, de acordo com James Franco. Em entrevista ao site The Hollywood Reporter, o ator assumiu seu envolvimento num projeto do universo “X-Men”, sem, entretanto, confirmar qual é exatamente o projeto. Mas ele foi anteriormente ligado ao Homem-Múltiplo.

“Está em estágios iniciais. O que provavelmente posso dizer é que, como tudo, ainda precisa ser desenvolvido”, contou Franco. “Nosso modus operandi é como podemos levá-lo a um novo terreno? Nem que seja um pouquinho, mas sem perder de vista a diversão? O que amo sobre Simon Kinberg, a Fox e a equipe de ‘X-Men’ é o que fizeram com ‘Deadpool’ e ‘Logan’ – demorou um tempo para chegar lá, talvez uns 10 anos -, que são para maiores. E vamos pegar essa coisa de super-herói e realmente explorar num novo gênero. Então estamos trabalhando com Simon Kinberg numa propriedade X-Men.”

Vale lembrar que os dois filmes citados por Franco, “Deadpool” e “Logan”, foram lançados com classificação “R” nos Estados Unidos, a censura máxima dos filmes comerciais. Mas foram liberados para maiores de 16 anos no Brasil.

O personagem especulado para Franco é bastante popular nos quadrinhos. O Homem-Múltiplo já integrou tanto os X-Men quanto X-Force – grupo que deve ser introduzido no cinema em “Deadpool 2” e também deverá ganhar um filme próprio.

Capaz de gerar duplicatas infinitas de si mesmo, Jamie Madrox, o Homem-Múltiplo foi concebido em 1975 pelo recém-falecido roteirista Len Wein, que também criou Wolverine e o Monstro do Pântano. Curiosamente, ele apareceu pela primeira vez numa história do Quarteto Fantástico, mas logo foi parar no universo mutante da Marvel. O ponto alto de sua trajetória aconteceu no começo do século 21, quando ganhou revista própria e mostrou a extensão de seus poderes, enviando duplicatas para estudar diferentes técnicas, que aprendia instantaneamente ao absorver suas cópias de volta em seu corpo. Foi também neste período que ele abriu uma agência de detetives e passou a apresentar sintomas de esquizofrenia.

O roteiro está sendo escrito por Allan Heinberg, criador da série “The Catch” e roteirista de “Mulher-Maravilha”, e ainda não há diretor definido.

De todo modo, o filme solo não será a primeira aparição de Madrox no universo cinematográfico dos X-Men. O personagem deu as caras em “X-Men: O Confronto Final”, em 2006, vivido pelo ator Eric Dane (da série “The Last Ship”).