Estreia de The Gifted lidera audiência da Fox, mas não impressiona

A estreia de “The Gifted” foi o programa mais visto da rede Fox na noite de segunda (2/10) nos EUA, mas o desempenho não foi exatamente o que se esperava de uma atração derivada de uma franquia da Marvel, com tratamento de superprodução e direção de Bryan Singer, o cineasta responsável pelos “X-Men”.

A série foi assistida por 4,85 milhões de telespectadores ao vivo. A boa notícia é que a maioria do público estava dentro do target, rendendo 1,5 ponto na demo (a faixa demográfica de adultos entre 18 e 49 anos, mais relevante para os anunciantes). Isto representa um desempenho melhor que, por exemplo, “Wisdow of the Crowd”, vista por 8,88 milhões de telespectadores no domingo, mas com apenas 1,4 ponto na demo.

Com 73% de aprovação no site Rotten Tomatoes, “The Gifted” também teve uma das estreias mais bem-avaliadas da temporada.

Criada por Matt Nix (série “Burn Notice”), a atração se passa numa realidade distópica, em que mutantes são caçados pelo governo americano, e gira em torno de uma família em fuga, após seus filhos manifestarem poderes. Perseguidos por uma equipe militarizada, eles encontram refúgio com o grupo de mutantes rebeldes.

A família é formada por Amy Acker (série “Pessoa de Interesse/Person of Interest”), Stephen Moyer (série “True Blood”) e os adolescentes Natalie Alyn Lind (série “The Goldbergs”) e Percy Hynes White (série “Between”). E os mutantes rebeldes incluem alguns X-Men dos quadrinhos: Blink (Jamie Chung, da série “Gotham”), Pássaro Trovejante (Blair Redford, da séries “The Lying Game”) e Polaris (Emma Dumont, da série “Aquarius”), além de Eclipse (Sean Teale, da série “Reign”), criado especialmente para a série.

O lançamento da série no Brasil acontece nesta terça (3/10) às 22h30 no canal pago Fox.