Terror barato de M. Night Shyamalan fatura o dobro de Resident Evil 6 nas bilheterias norte-americanas

 

O terror “Fragmentado”, de M. Night Shyamalan (“O Sexto Sentido”), manteve a liderança das bilheterias da América do Norte (EUA e Canadá) pelo segundo fim de semana consecutivo, superando as estreias mais badaladas com US$ 26,2 milhões de arrecadação.

Filmado por apenas US$ 10 milhões, a história do psicopata de múltiplas personalidades, vivido por James McAvoy (“X-Men: Apocalipse”), já tinha dado lucro em seus primeiros três dias de exibição. O próprio Shyamalan financiou a obra, para que pudesse manter o controle criativo e impedir interferência do estúdio. A fórmula foi a mesma de seu filme anterior, “A Visita” (2015), que custou US$ 5 milhões e rendeu US$ 98 milhões em todo o mundo, com uma fatia significativa do faturamento retornando diretamente para o diretor-produtor. Em 10 dias, “Fragmentado” já superou este montante, chegando a US$ 101,6 milhões na soma da arrecadação de diversos países – menos do Brasil, que só verá o filme daqui a dois meses, em 23 de março.

A permanência de “Fragmentado” no topo pode ter sido reflexo do boicote liderado pela Peta contra a estreia de “Quatro Vidas de um Cachorro”. Um vídeo dos bastidores da produção, vazado na véspera, denunciou maus tratos de um dos animais de sua história, o que teria prejudicado seu desempenho – mesmo diante das negativas do produtor, que acusa o vídeo de ser editado com propósitos sensacionalistas. A ONG fez piquete na porta de alguns cinemas que exibiram o longa, constrangendo quem tivesse interesse em assisti-lo. Apesar disso, “Quatro Vidas de um Cachorro” conseguiu o 2º lugar, com US$ 18,3 milhões.

“Resident Evil 6: O Capítulo Final” nem precisou de campanha negativa para fracassar. Abriu em 4º lugar, com apenas US$ 13,8 milhões. Ou seja, metade do que fez “Fragmentado” em sua segunda semana. A baixa bilheteria garante que desta vez a franquia acabou mesmo.

Desastre ainda mais espetacular foi protagonizado por Matthew McConaughey na terceira estreia da semana. “Ouro” quase ficou de fora do Top 10, agarrando-se ao 10º lugar com uma bilheteria de US$ 3,4 milhões. Trata-se do terceiro fracasso seguido do ator, após “The Sea of Threes” (2015 e sequer lançado no Brasil) e “Um Estado de Liberdade” (2016), alimentando a teoria de que vencer o Oscar pode ser prejudicial para a carreira. McConaughey venceu o Oscar de Melhor Ator em 2014, por “Clube de Compra Dallas”. Detalhe: a estreia de “Ouro” está marcada apenas para maio no Brasil…

Enquanto isso, no Top 5, “Estrelas Além do Tempo” (3º lugar) e “La La Land” (5º lugar) superaram simultaneamente a marca de US$ 100 milhões na bilheteria doméstica. Mas enquanto o filme das engenheiras negras da NASA ainda está iniciando sua distribuição internacional – estreia no Brasil na quinta (2/2) – , o musical já tem US$ 223,5 milhões em todo o mundo, efeito da curiosidade despertada por seu recorde de 14 indicações ao Oscar 2017.

BILHETERIAS: TOP 10 América do Norte

1. Fragmentado
Fim de semana: US$ 26,2 milhões
Total EUA: US$ 77,9 milhões
Total Mundo: US$ 101,6 milhões

2. Quatro Vidas de um Cachorro
Fim de semana: US$ 18,3 milhões
Total EUA: US$ US$ 18,3 milhões
Total Mundo: US$ 23,3 milhões

3. Estrelas Além do Tempo
Fim de semana: US$ 14 milhões
Total EUA: US$ 104 milhões
Total Mundo: US$ 104,8 milhões

4. Resident Evil 6: O Capítulo Final
Fim de semana: US$ 13,8 milhões
Total EUA: US$ 13,8 milhões
Total Mundo: US$ 78,3 milhões

5. La La Land – Cantando Estações
Fim de semana: US$ 12 milhões
Total EUA: US$ 106,5 milhões
Total Mundo: US$ 223,5 milhões

6. xXx: Reativado
Fim de semana: US$ 8,2 milhões
Total EUA: US$ 33,4 milhões
Total Mundo: US$ 89 milhões

7. Sing – Quem Canta Seus Males Espanta
Fim de semana: US$ 6,2 milhões
Total EUA: US$ 257,4 milhões
Total Mundo: US$ 463,7 milhões

8. Rogue One – Uma História Star Wars
Fim de semana: US$ 5,1 milhões
Total EUA: US$ 520 milhões
Total Mundo: US$ 1 bilhão

9. Monster Trucks
Fim de semana: US$ 4,1 milhões
Total EUA: US$ 28,1 milhões
Total Mundo: US$ 47,5 milhões

10. Ouro
Fim de semana: US$ 3,4 milhões
Total EUA: US$ 3,4 milhões
Total Mundo: US$ 3,4 milhões

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings