Reboot de Mortal Kombat pode ter encontrado seu diretor



O estúdio New Line está conversando com o diretor australiano Simon McQuoid para que ele assuma o reboot da franquia “Mortal Kombat”. McQuoid pode fazer sua estreia no cinema com a produção, mas o site da revista Variety afirma que ele já recebeu diversas propostas de Hollywood, devido a seu sucesso como diretor de comerciais.

O reboot será produzido pelo cineasta James Wan (“Velozes e Furiosos 7”) e tem um roteiro desenvolvido por Dave Callaham (“Os Mercenários”) e Oren Uziel (“Anjos da Lei 2”).

A produção ainda não tem data definida de estreia. Mesmo assim, como curiosidade, recentemente o ator francês Christopher Lambert deu uma entrevista em que afirmou estar negociando seu retorno como Lord Rayden, personagem que ele interpretou na primeira adaptação do game nos cinemas.

A franquia já rendeu dois filmes nos anos 1990. O primeiro foi dirigido por Paul W.S. Anderson (franquia “Resident Evil”) em 1995 e é considerada a primeira adaptação bem-sucedida de um videogame.



A sequência, “Mortal Kombat: Aniquilação” (1997), ficou a cargo de John R. Leonetti, que por coincidência trabalhou com James Wan como diretor de fotografia de “Invocação do Mal” (2013). Mas o filme foi um fracasso.

Apesar disso, o game ainda rendeu uma série em 1998, que servia de prólogo para os filmes, e voltou recentemente a ser adaptada numa webserie, “Mortal Kombat: Legacy”, um dos maiores sucessos do YouTube – a 1ª temporada de 2011 se tornou uma das webséries mais assistidas de todos os tempos, com 60 milhões de views na página do site Machinima.

Para ter ideia do que McQuoid pode fazer com a franquia, veja abaixo um velho comercial do diretor, produzido em 2011 para o PlayStation 3, repleto de personagens de videogames:


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings