Série Mike & Molly está oficialmente cancelada


A atriz Melissa McCarthy vai poder fazer mais comédias de cinema a partir deste ano, com o cancelamento de sua série, “Mike & Molly”. A rede americana CBS oficializou a decisão nesta terça-feira (12/1), durante uma entrevista coletiva no evento semestral da Associação de Críticos de Televisão dos EUA.

A 6ª temporada, que estreou nos Estados Unidos no último dia 6, será a última da série, e foi reduzida de 22 para apenas 13 episódios. “Decisões como esta são realmente desafiadoras e eu tenho um grande respeito por todo o elenco e a equipe”, disse Glenn Geller, presidente da CBS.

Apesar da oficialização ter sido comunicada apenas hoje, já em dezembro os protagonistas, Melissa McCarthy e Billy Gardell, ventilaram suas frustrações nas redes sociais sobre o final do seriado. “Eu fiquei chocada e de coração partido quando a CBS cancelou ‘Mike and Molly’. Eu gravaria esse seriado por mais 50 anos. Sentirei falta da minha segunda família”, escreveu McCarthy no Twitter no dia 14 de dezembro.



A atriz ganhou o Emmy em 2011 como Melhor Atriz em Série de Comédia pelo papel de Molly Flynn, mas desde então vem se destacando mais na carreira cinematográfica. O impulso definitivo veio com a indicação ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 2012 por “Missão Madrinha de Casamento”, e desde então ela tem protagonizado diversos filmes de comédia, como “As Bem Armadas, “A Espiã que Sabia de Menos” e os vindouros “A Chefa” e “As Caça-Fantasmas”, ambos previstos para a temporada de blockbusters deste ano, respectivamente em junho e julho.

No ar desde 2010, a série conta a história de um policial e uma professora que se conhecem em um grupo de apoio para gordinhos comedores compulsivos e se apaixonam. A produção executiva é assinada por Chuck Lorre, que durante os últimos anos reinou na TV americana com as comédias de sucesso “Two and a Half Men” e “The Big Bang Theory”.

“Mike & Molly” é transmitida pelo canal pago Warner no Brasil, que deve estrear a 6ª e última temporada ainda no primeiro semestre de 2016.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings