Divulgação/Amblin

Festival de Toronto vai exibir novos filmes de Spielberg, Sam Mendes e Rian Johnson

O Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF, na sigla em inglês) anunciou nesta quinta-feira (28/7) sua programação de 2022. Como de praxe, a 47ª edição do evento canadense servirá de lançamento norte-americano para vários filmes com aspiração ao Oscar, além de trazer aguardadas estreias em exibições fora da competição.

O evento será aberto pela projeção de “The Swimmers”, drama da diretora britânica Sally El Hosaini (“My Brother the Devil”), que relata a história real das irmãs nadadoras Yusra e Sarah Mardini, que fugiram como refugiadas da Síria devastada pela guerra para participar das Olimpíadas do Rio de 2016.

Três títulos se destacam entre as principais estreias exclusivas – isto é, não anunciadas até agora em outros festivais: “The Fabelmans”, ficção inspirada em lembranças da juventude de Steven Spielberg, “Empire of Light”, uma ode ao cinema de Sam Mendes, e “Glass Onion: Um Mistério Entre Facas e Segredos”, continuação de “Entre Facas e Segredos”, dirigido por Rian Johnson em 2018.

“Glass Onion” reúne um elenco grandioso, encabeçado por Daniel Craig, mas não vão faltar estrelas no tapete vermelho do festival, que também vai projetar “Causeway”, estrelado por Jennifer Lawrence, “The Menu”, com Anya Taylor-Joy, “My Policeman”, com Harry Styles, e “A Mulher Rei”, que traz Viola Davis como guerreira do Reino de Daomé, na África.

O Festival de Toronto acontece entre os dias 8 e 18 de setembro. Veja abaixo a lista completa dos filmes confirmados no evento.

Abertura
“The Swimmers”, de Sally El Hosaini

Apresentações de Gala
“Alice, Darling”, de Mary Nighy
“Black Ice”, de Hubert Davis
“Butcher’s Crossing”, de Gabe Polsky
“The Greatest Beer Run Ever”, de Peter Farrelly
“The Hummingbird”, de Francesca Archibugi
“Hunt”, de Lee Jung-jae
“A Jazzman’s Blues”, de Tyler Perry
“Kacchey Limbu”, de Shubham Yogi
“Moving On”, de Paul Weitz
“Paris Memories”, de Alice Winocour
“Prisoner’s Daughter”, de Catherine Hardwicke
“Raymond & Ray”, de Rodrigo García
“Roost”, de Amy Redford
“Sidney”, de Reginald Hudlin
“The Son”, de Florian Zeller
“The Swimmers”, de Sally El Hosaini
“What’s Love Got To Do With It?”, de Shekhar Kapur
”A Mulher Rei”, de Gina Prince-Bythewood

Apresentações Especiais
“Allelujah”, de Sir Richard Eyre
“All Quiet on the Western Front”, de Edward Berger
“The Banshees Of Inisherin”, de Martin McDonagh
“Blueback”, de Robert Connolly
“The Blue Caftan”, de Maryam Touzani
“Broker”, de Hirokazu Kore-eda
“Brother”, de Clement Virgo
“Bros”, de Nicholas Stoller
”Catherine Called Birdy”, de Lena Dunham
“Causeway”, de Lila Neugebauer
“Chevalier”, de Stephen Williams
“Corsage”, de Marie Kreutzer
“Decision to Leave”, de Park Chan-wook
“Devotion”, de JD Dillard
“Driving Madeleine”, de Christian Carion
“El Suplente”, de Diego Lerman
“Empire of Light”, de Sam Mendes
“The Eternal Daughter”, de Joanna Hogg
”The Fabelmans”, de Steven Spielberg
”Glass Onion: Um Mistério Entre Facas e Segredos”, de Rian Johnson
“Good Night Oppy”, de Ryan White
“The Good Nurse”, de Tobias Lindholm
“Holy Spider”, de Ali Abbasi
“Joyland”, de Saim Sadiq
“The King’s Horseman”, de Biyi Bandele
“The Lost King”, de Stephen Frears
“A Man of Reason”, de Jung Woo-sung
“The Menu”, de Mark Mylod
“On the Come Up”, de Sanaa Lathan
“One Fine Morning”, de Mia Hansen-Løve
“Other People’s Children”, de Rebecca Zlotowski
“Moonage Daydream”, de Brett Morgen
”My Policeman”, de Michael Grandage
“Nanny”, de Nikyatu Jusu
“No Bears”, de Jafar Panahi
“The Return of Tanya Tucker: Featuring Brandi Carlile”, de Kathlyn Horan
“Saint Omer”, de Alice Diop
“Sanctuary”, de Zachary Wigon
“Stories Not to be Told”, de Cesc Gay
“Triangle of Sadness”, de Ruben Östlund
“Walk Up”, de Hong Sang-soo
“Wendell & Wild”, de Henry Selick
“The Whale”, de Darren Aronofsky
“Women Talking”, de Sarah Polley
“The Wonder”, de Sebastián Lelio