Divulgação/Sony

Tom Hanks detona “O Código da Vinci”: “É uma bobagem”

O ator Tom Hanks teve ataque de sinceridade ao comentar “O Código da Vinci”, após 16 anos de lançamento da produção. Baseado num best-seller de enorme popularidade na época, o ator assumiu que o filme foi uma grande bobagem, assim como as continuações que ele estrelou no papel de Robert Langdon, personagem criado pelo escritor Dan Brown.

A declaração foi feita durante uma entrevista ao jornal americano New York Times sobre sua carreira nas telas.

“Por Deus, aquilo foi um investimento puramente comercial. Sim, os filmes de Robert Langdon são bobagens. ‘O Código Da Vinci’ é uma bobagem”, declarou o ator. “Eles são caças ao tesouro divertidas, mas historicamente tão verossímeis quanto James Bond em relação ao mundo real da espionagem”.

Hanks poupa o diretor Ron Howard ao direcionar seu descontentamento diretamente à obra original, escrita por Dan Brown. “Ele escreve: ‘Olhe esta escultura em Paris!’. Bom, não, ela está em outro lugar. ‘Olhe como essas locações formam uma cruz no mapa!’. Bom, parece só um pouco uma cruz”.

Considerando a franquia dentro de sua filmografia, o ator disse não ver problema em estrelar produções mais comerciais. Mas ainda lamenta que a proposta dos longas seja problemática até em sua intenção comercial.

“Não há nada errado com um bom filme comercial, desde que seja um bom filme comercial. Acho que, quando fizemos o terceiro, já tínhamos provado que não era o caso com essa franquia”, concluiu.

Lembre abaixo o trailer de “O Código da Vinci”.